Seagri fomenta parcerias para Casa Valduga

Agronegócio

Seagri fomenta parcerias para Casa Valduga

Objetivo da secretaria é aproximar empresários de várias partes do país a outros da Bahia
Por: -Rodrigo Vilas Bôas
1378 acessos

Novas parcerias começam a ser projetadas para a Casa Valduga. Na quarta- feira dia 12.01.2010 a Secretaria da Agricultura (Seagri) promoveu encontro entre a direção do empreendimento – que terá unidade na Bahia este ano – e da Amma, fábrica que produz chocolate fino e orgânico no Estado. “O objetivo da secretaria é aproximar empresários de várias partes do país a outros da Bahia. Dessa forma, unimos as suas expertises, os seus objetivos em comum e estaremos contribuindo para o desenvolvimento da agroindustrialização baiana, levando os produtos daqui para o restante do Brasil e do mundo”, disse o secretário da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles.

As duas empresas comungam as mesmas ideias. Temos a filosofia de aproximar a natureza do homem”, completou Juarez Valduga, diretor presidente da Casa Valduga. A visita à fábrica, localizada no bairro de Pirajá, em Salvador, acontece no momento em que a Casa Valduga se propõe a explorar café e chocolate. E Bahia é referência mundial nessas duas culturas.

O secretário e o diretor presidente da Casa Valduga foram recebidos pelo empresário Diego Badaró, que desenvolve nas fazendas da família uma cultura orgânica de cacau, cujo resultado tem obtido grande sucesso. Ele colocou os chocolates da Amma no mercado europeu e dos Estados Unidos, e também já exporta cerca de 50% da produção para países como Katar, Kuwite, Austrália, Coréia do Sul e, em breve, China. Para este ano, a Amma espera elevar a produção para 60 toneladas de chocolate – pelo menos 30 delas para exportação. No ano passado, foram exportadas 10 das 20 toneladas produzidas.

Em 2012, Badaró estará à frente do Salão do Chocolate, que acontecerá em solo baiano pela primeira vez, em uma conquista que é resultado de grande esforço feito pelo Governo do Estado. O evento internacional já aconteceu em diversas regiões do mundo, como Pequim, Nova York e Europa. A última versão foi na França, em outubro do ano passado.

Conforme Badaró, a produção do chocolate orgânico na Bahia tem tudo para se expandir. “O nosso desafio é estimular o aumento da produção e mostrar os seus reais benefícios à população”, disse o empresário, salientando que “o verdadeiro chocolate leva uma maior procentagem de cacau em sua formulação e, por isso, possui importante fonte de energia e é considerado um alimento extremamente rico em nutrientes, além de acelerar o metabolismo e auxiliar o emagrecimento”. O mercado desse tipo de produto cresce 30% ao ano e a China é o país que mais o consome no mundo.

Indústria – A Casa Valduga, tradicional família italiana fabricante de vinhos e derivados, vai passar a industrializar, ainda este ano, frutas do Vale do São Francisco. O objetivo é implantar uma indústria de sucos naturais, concentrados, geléia e, futuramente, espumantes, gerando empregos e renda na região. A decisão foi firmada através da assinatura do protocolo de intenções nesta terça-feira, 11, na presença do governador Jaques Wagner.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink