Seagri reúne rizicultores e discute produção e comercialização do arroz

Agronegócio

Seagri reúne rizicultores e discute produção e comercialização do arroz

Encontro permitiu atender produtores de Propriá e repassar informações sobre comercialização
Por:
881 acessos
Encontro permitiu atender produtores de Propriá e repassar informações sobre comercialização

O Governo de Sergipe, representado pelo secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural (Seagri), José Macedo Sobral, recepcionou produtores de arroz de Propriá. Além dos rizicultores, estive presente o presidente da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Jeferson Feitoza.

Os visitantes são integrantes do perímetro Cotinguiba/Pindoba, representados pelo presidente da Associação de Moradores do Povoado São Miguel, Edinaldo Vieira dos Santos, e pela presidente da Associação de Mulheres do Povoado Boa Esperança, Érica Fabiana da Silva, além de rizicultores. Na oportunidade, eles entregaram ao secretário documento com reivindicações para melhoria de condições para o desenvolvimento de suas lavouras, incluindo colhetadeira, produção de arroz e comercialização. Esse último item foi apresentado como preocupante, pelos preços ofertados que não cobrem os custos de produção, somando-se à falta de secadores que oportunizariam um produto de melhor qualidade, enfatizando ainda as questões que envolvem preparação de solo através da mecanização agrícola.

José Sobral ressaltou que o Governo do Estado tem realizado um trabalho sério de assistência ao agricultor familiar, promovendo a verdadeira inclusão social, ao implantar ações incidentes na melhoria da condição de vida dos produtores e sua família, mostrando e dando a conhecer as políticas públicas e seus acessos, universalizando, assim, as variadas vertentes que beneficiam os agricultores e suas famílias. Ele disse aos produtores que disponibilizaria os serviços reivindicados de mecanização para preparo do solo na produção do arroz, autorizando o cadastramento de 100 rizicultores da agricultura familiar, que contarão com três horas de trator, cada um.

José Sobral anunciou que manterá contato com a superintendente da Conab para a compra de arroz em Propriá, instrumento do Governo Federal que tem propiciado uma acentuada melhoria na oferta de preços pelos comerciantes de arroz que chegam à região. Ele adiantou que essa premissa promoveu um crescimento na comercialização em Ilha das Flores e outros municípios, e que da mesma forma, buscará essa parceria para os rizicultores de Propriá.

Contato positivo

“O encontro com o Governo do Estado, representado pelo secretário José Sobral, foi maravilhoso. Não esperava que todos nós que estivemos na Secretaria da Agricultura, fôssemos atendidos da forma que aconteceu. Fomos ouvidos nas nossas reivindicações, agradecemos pelas sementes doadas, falamos sobre a falta de secadores para o arroz colhido, como também pela falta de colhetadeiras. O secretário nos informou que infelizmente os secadores disponíveis no mercado são muito grandes, e nós precisamos de secadores pequenos, mas que sobre a colhetadeira já existe providências para a aquisição de uma que venha a atender pequenos agricultores. Além disso, em nome do Governo do Estado, o secretário garantiu três horas de trator para 100 rizicultores, solicitando que a Associação promovesse o cadastro para que a autorização venha a ser feita. Estamos acompanhando os processo de valorização do arroz em outros municípios e essas atitudes do Governo do Estado apoiando o processo de comercialização, vem trazendo excelentes benefícios para todos”, concluiu Érica Fabiana da Silva, representante da Associação de Mulheres do Povoado Boa Esperança.

O secretário José Sobral recebeu também viveiristas de citrus de municípios da região centro sul de Sergipe. Eles falaram sobre a produção de mudas citrícolas e sobre os problemas que vêm tendo com a prolongada estiagem que se abate sobre a região, o que, segundo eles, vem prejudicando o desenvolvimento das mudas. José Sobral agradeceu o empenho de todos na condução dos seus viveiros, cuja produção tem lastreado o trabalho de renovação de pomares que apresentem essa necessidade, sob orientação da Emdagro.

Sobral ressaltou o quanto é producente a aproximação de produtores rurais da Seagri, e vice versa, reafirmando que a Secretaria estará sempre à disposição de todos. O secretário falou ainda sobre as medidas de combate a seca, que o Governo do Estado vem tomando para assistir mais de perto os produtores, notadamente os que vivem no semiárido sergipano.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink