Seagro promove ações para atrair novos investimentos para ‘Energias Renováveis’
CI
Agronegócio

Seagro promove ações para atrair novos investimentos para ‘Energias Renováveis’

Por:
Em seu primeiro ano de funcionamento, a Sepel - Subsecretaria de Produção de Energias Limpas da Seagro - Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário – faz um balanço das ações desenvolvidas em 2011. Entre as atividades, foram realizados projetos para a captação de recursos, políticas públicas e para atrair investimentos para o setor de energias renováveis. O foco tem sido especialmente a produção de biocombustíveis, energia eólica, energia solar e florestas.


Em maio, durante a Agrotins – Feira de Tecnologia Agropecuária, a Sepel expôs 21 tecnologias de produção de energia renovável e apresentou oito palestras com temas relacionados às energias limpas. Tendo em vista a Política Estadual de Energias Limpas, técnicos da pasta apresentaram palestras sobre as potencialidades do setor em eventos de outras secretarias, da Universidade Federal do Tocantins, da Faculdade de Guaraí e da Faculdade Católica do Tocantins.

No primeiro semestre do ano de 2011, os técnicos do setor elaboraram a proposta de criação do Atlas Solar e Eólico do Estado e do Plano Estadual de Agroenergia, que tem previsão de execução em 2012. “Com o Atlas e o Plano Estadual de Agroenergia, os empresários terão uma segurança maior para escolher a região onde investir”, explica o secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café.


Outro destaque do ano foi o 1º Expoflorestas, evento que reuniu mais de 600 pessoas e o 1º Seminário de Energias Limpas durante o Amazontech. Além disso, foi realizado o 1º Simpósio da Cultura de Cana-de-Açúcar, no município de Pedro Afonso, e o Dia de Campo do programa Selo Combustível Social, em Santa Rosa – ambos eventos contaram com a participação de mais de 200 pessoas, entre pesquisadores, estudantes e produtores rurais.

Segundo o titular da Subsecretaria de Produção de Energias Limpas, Ailton Parente Araújo, neste primeiro ano foi possível apresentar a diversos investidores e à sociedade a importância que o setor de energias renováveis tem no contexto global e consequentemente no desenvolvimento sustentável. “Em 2012 com as parcerias que fizemos esperamos ampliar os investimentos, gerando mais emprego e renda à população”, afirmou Ailton.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.