Seca: Gestores discutem revitalização da cadeia produtiva do Semiárido
CI
Agronegócio

Seca: Gestores discutem revitalização da cadeia produtiva do Semiárido

A proposta é integrar ações para a recuperação da sustentabilidade
Por:
Gestores de várias pastas do governo estadual e representantes do governo federal em Alagoas se reuniram esta manhã, no Palácio República dos Palmares, para discutir a criação de uma equipe de trabalho com foco em ações para revitalização da cadeia produtiva do Semiárido alagoano. O encontro, que contou com a presença da presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (EMATER/AL), Inês Pacheco, foi liderado pelo secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Napoleão Casado.

Foram debatidas as ações estruturantes desenvolvidas pelas instituições que trabalham na região, a exemplo da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que desenvolve projetos de acesso à água, como a instalação de cisternas e perímetros irrigados. A proposta é integrar ações para a recuperação da sustentabilidade da cadeia produtiva nas regiões atingidas pela Seca.

Durante a explanação das instituições, a diretora presidente da EMATER/AL, Inês Pacheco, destacou que a preocupação do novo grupo de trabalho deve ser com as ações de médio e longo prazo, já que as emergências estão sendo desenvolvidas pelo Comitê Integrado de Combate a Seca. “As ações de reestruturação da cadeia produtiva são essenciais. Temos que recuperar a capacidade de investimento dos agricultores, garantir a produtividade, porque se não teremos um problema ainda maior pela frente, o econômico. O produtor rural precisa de alternativas”, reforçou a presidente da EMATER/AL,
Como proposta a entidade de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural estadual, sugeriu investimentos na produção de sementes de palma, sorgo e milho, com o objetivo de alimentar os animais. A medida seria também o primeiro passo para recuperação do rebanho afetado pela estiagem. Na produção de alimentos, a proposta da EMATER/AL é trabalhar primeiramente as condições de acesso à água, depois focar nas variedades precoces, como de feijão e milho.

O grupo se reunirá novamente no próximo dia 30 às 14h, no Sebrae/AL, para estruturar a criação da equipe de Revitalização da Cadeia Produtiva Alagoana. A comissão deve criar um plano de trabalho para o Estado de Alagoas que contemple ações conjuntas entre instituições públicas, privadas, e representações sociais.  A proposta da criação do grupo deverá ser validada na próxima reunião do Comitê da Seca, previamente agendada para o dia 07 de maio.
 
Participaram da reunião ainda o superintendente da CONAB em Alagoas, Elizeu Rego, representantes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas (CECA/UFAL), o diretor presidente da ADEAL, Marcelo Lima, o superintendente do MAPA em Alagoas, Alay Correia, representando a Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), Samuel Wandeley, e Vânia Brandão, do Sebrae/AL.  

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.