Seca afeta captação de leite no RS


Agronegócio

Seca afeta captação de leite no RS

Perdas significativas, por enquanto, são pontuais
Por:
1170 acessos
A seca começa a afetar a captação de leite no RS. Responsável por 60% da produção gaúcha, a região Noroeste registra queda de 10% sobre 5,4 milhões de litros/dia em função da baixa oferta de pastagem para o gado. São R$ 367,2 mil que deixam de circular no campo, só considerando o atual preço médio do litro ao produtor, de R$ 0,68. Apesar da projeção, o secretário executivo do Sindilat, Darlan Palharini, explica que as perdas significativas, por enquanto, são pontuais. "O reflexo será sentido a partir de março, pois, diante das dificuldades, os produtores estão usando silagem de inverno." Segundo a Emater, para driblar a dificuldade, os produtores estão usando silagem, feno e rações, o que aumenta custo e reduz a rentabilidade. Além disso, a substituição tem outro fator de interferência: a baixa qualidade do milho utilizado em lugar do pasto.

?
Detect language » Portuguese


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink