Seca prejudica agricultores no Rio Grande do Norte
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Seca prejudica agricultores no Rio Grande do Norte

Sem lavouras de milho, alimentação do gado tem que ser comprada
Por:
1174 acessos
Sem lavouras de milho, alimentação do gado tem que ser comprada. Em Mossoró, cerca de 6 mil agricultores tiveram problemas
 
As chuvas irregulares e o sol forte no primeiro semestre deste ano causaram prejuízos a agricultores que dependem da produção de grãos no Rio Grande do Norte. Sem as plantações, até mesmo a alimentação do gado foi prejudicada.

Em Mossoró (RN), cerca de 6 mil agricultores de 133 comunidades tiveram problemas. “Há muitas comunidades em que os companheiros já estão vendendo seus animais”, diz Francisco Gomes, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Mossoró.

Na região oeste do Rio Grande do Norte, uma das mais afetadas com a estiagem deste ano, quase todos os agricultores perderam a produção de milho. Com a perda da lavoura, os agricultores que criam animais só tiveram uma alternativa: comprar milho na Central Nacional de Abastecimento. O custo é alto para quem não estava acostumado.

O criador Raimundo Freitas tem cerca de 160 cabras e ovelhas. “Todo ano eu tiro milho para o meu sustento, para os meus bichos. Mas esse ano não deu. É a primeira vez que estou comprando e já está doendo no bolso da gente", diz.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink