Secretaria da Agricultura garante recursos para Programa Bolsa Juventude Rural

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

Secretaria da Agricultura garante recursos para Programa Bolsa Juventude Rural

Programa Bolsa Juventude Rural garante recursos para jovens que estudam com a pedagogia da alternância por 10 meses
Por:

O Bolsa Juventude Rural, um dos mais importantes programas da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) voltados para a capacitação dos jovens do meio rural, está com os recursos garantidos para 2021. A assinatura do valor de R$ 802.500,00 para atendimento de 401 jovens neste ano, foi o primeiro ato da secretária Silvana Covatti na Secretaria da Agricultura nesta quarta-feira (31/03).

Com histórico ligado à educação, a secretária destacou que o programa vem capacitando jovens no meio rural e garantindo mais qualificação para quem quer continuar no campo. “Só no ano passado, foram atendidos 381 jovens”, destaca Silvana Covatti. 

O programa, que distribui bolsas de estudo por um período de dez meses, está previsto na lei nº 14.373/2013 e no decreto nº 51.048/2013.  Do total de recursos, R$ 622.500,00 estão previstos no orçamento deste ano e R$ 180.000,00 são referentes a saldos remanescentes de 2020.

Posteriormente, será feita a publicação do decreto que vai estipular o valor da bolsa, a elaboração do edital e o lançamento do mesmo.

O Programa Bolsa Juventude Rural é um auxílio pago a alunos matriculados em escolas públicas estaduais ou instituições educacionais sem fins lucrativos e de caráter comunitário que trabalham com a pedagogia de alternância e que atendam os critérios estabelecidos pelo Programa. Esta pedagogia prevê que o aluno fique uma semana na escola e uma semana em casa aplicando o que foi proposto. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink