Hortaliças

Secretaria Municipal de Agricultura apresenta projeto para cultivo de hortaliças a empresários

Implantação do projeto vai possibilitar o aproveitamento racional do uso do solo para a produção de alimentos durante todo o ano
Por:
71 acessos

 A ideia inicial é utilizar um terreno localizado dentro da Ceasa Regional como um campo experimental para o cultivo de hortaliças, trazendo empresas multinacionais que apresentarão para os produtores rurais e demais profissionais da área as novas tendências de tecnologias e inovações. Através de realizações de testes com as cultivares, avaliarão a produção e mostrarão quais as melhores opções em produtividade e rentabilidade.

A escolha do local é estratégica, pois serão reunidas, em um só lugar, todas as novidades da cadeia produtiva de hortaliças e apresentadas aos produtores rurais tecnologias e inovações que aumentam a produtividade e a qualidade dos produtos, ao mesmo tempo em que reduzem o custo de produção e o consumo de recursos, como água e energia no Município.

Através de parcerias, a implantação do projeto vai possibilitar o aproveitamento racional do uso do solo para a produção de alimentos durante todo o ano e, além de mostrar os resultados, destinará tudo o que for produzido à merenda escolar das escolas e centros educacionais municipais.

Para o secretário municipal de Agricultura, João Paulo Rodrigues Ferreira, o objetivo é criar um evento anualmente para mostrar as tendências do mercado: “Apresentar ao produtor rural, que vive o dia a dia no campo, as inovações e tecnologias que existem, para que possam agregar mais valor aos produtos, com maior qualidade e redução de custos”.

O diretor de Indústria, Comércio e Serviços, Fernando Porto, ressalta que, além de apresentar as novidades do setor, o projeto busca junto ao evento, cursos com temáticas que visam a agregar valor ao dia a dia do produtor. “É importante não só mostrar, mas também ensinar a por em prática as novas técnicas e novidades do mercado, pois assim nossos horticultores terão melhores resultados”.

Além dos representantes da Semaid, incluindo o engenheiro agrônomo Darlan Cunha, participaram da reunião Lizandro Bicalho da Agência para o Desenvolvimento Econômico e Social de Patos de Minas (Adesp), Israel Rosalim, Rafael Carlos Jardine e Paulo Roberto Caixeta, que são sócios-proprietários da Valoriza Agronegócio. A proposta é incluir mais pessoas, empresas e instituições ao projeto a fim de dar mais peso às ações e desenvolver ainda mais a atividade.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink