Secretário/PR alerta produtores de soja sobre a proteção dos solos
CI
Agronegócio

Secretário/PR alerta produtores de soja sobre a proteção dos solos

Preocupação com a falta de proteção e conservação dos solos
Por:
O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, participou na quinta-feira (16), em Alvorada do Sul, da edição de 10 anos do evento Tarde de Campo de Cultivares e Tecnologias da Soja. Durante o encontro, que abordou a necessidade de adoção de tecnologias adequadas para reter a água no solo, ele demonstrou sua preocupação com a falta de proteção e conservação dos solos por parte dos agricultores.


“Estamos descuidando dos nossos solos, plantando morro abaixo, de qualquer jeito, tirando os terraços para correr com a pulverização”, afirmou Ortigara. Segundo o secretário, o Governo do Estado vai liberar, para as próximas safras, recursos para ações de transferência de tecnologia e conscientização.

Outro assunto discutido durante o evento foi o uso excessivo de agrotóxicos. O engenheiro agrônomo Nelson Harger, coordenador estadual do Projeto Grãos, da Emater, falou para os cerca de 300 participantes sobre a gestão das lavouras de soja e a importância da racionalização na aplicação de agrotóxicos.

“O caminho é reduzir os custos de produção, tornar mais eficiente a gestão da lavoura e ser profissional no uso dos insumos", disse Harger. Para isso, ele listou algumas práticas incentivadas pela extensão rural oficial, como o resgate das táticas de monitoramento das pragas, por meio da orientação das 50 unidades de validação tecnológica espalhadas nas regiões produtoras de soja.


O engenheiro também citou como exemplos a adoção da vigilância de doenças com os coletores de esporos da ferrugem asiática colocados em 14 pontos regionais e os inúmeros concursos municipais e regionais de redução das perdas durante as operações de colheita.

TARDE DE CAMPO – O presidente da Emater, Rubens Niederheitmann, explicou que a Tarde Campo faz parte da metodologia de trabalho da extensão rural oficial, voltada para a ação integrada com todos os segmentos interessados na atividade. A edição comemorativa de 10 anos do evento foi uma iniciativa da Emater local com a Prefeitura de Alvorada do Sul e parceiros.

Segundo o extensionista da Emater local Reinaldo Neris, que coordenou a Tarde de Campo, o evento apresentou 26 cultivares de soja da Embrapa, Fundação Meridional, Coodetec, TMG, Monsanto, Nidera, Syngenta e Brasmax, além de demonstrações de tecnologias e de inovações tecnológicas de mais de trinta parceiros (entre eles Iapar, ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, Faep, Fetaep e Cocamar). Divididos em grupos, os participantes tomaram conhecimento das principais orientações agronômicas na cultura da soja.


Para o prefeito de Alvorada do Sul, Marcos Antônio Voltareli, a realização da Tarde de Campo transformou o município num importante centro de difusão de tecnologia na produção da soja, ao apresentar a evolução de resultados em toda a região de solo basalto da bacia hidrográfica do Paranapanema.
?
Detect language » Portuguese

?
Detect language » Portuguese


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.