Secretário/TO reforça parceria com produtores para desenvolver setor

Agronegócio

Secretário/TO reforça parceria com produtores para desenvolver setor

Município de Crislêndia tem 70 mil cabeças de gado de corte e de leite
Por:
545 acessos
“O governo do Estado incentiva os produtores para o avanço do setor agropecuário. Os investimentos e a forte parceria são fundamentais para o desenvolvimento da agricultura e pecuária tocantinenses”, disse o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, na abertura oficial da vaquejada, no parque agropecuário, em Cristalândia. Na próxima quinta-feira, 23, o município comemora 58 anos de emancipação política.


O secretário destacou ainda sobre as potencialidades da pecuária do município que tem 70 mil cabeças de gado de corte e de leite. “Esse rebanho, somado a outras atividades agropecuárias, contribui para o desenvolvimento da economia tocantinense”, reforço Café.


Município

A economia do município de Cristalândia é baseada em três pilares do segmento agropecuário: em primeiro se destaca a pecuária de corte e leite, com rebanho de mais de 70 mil cabeças. Em segundo, a produção de arroz irrigado, em uma área aproximada de 1,5 mil hectares e uma safra estimada em 120 mil sacas por ano. E por último, a mineração de cristal, atividade econômica antiga, iniciada ainda na década de 40, minério precioso que inspirou o nome da cidade “Cristalândia”.


Segundo informações da cooperativa dos garimpeiros de Cristalândia, o cristal extraído na região gira uma economia de R$ 3 milhões anuais, empregando diretamente 500 pessoas diretas e 2000 mil indiretas. A produção do cristal no município é promissora. Atualmente produz por ano cerca de 500 toneladas, matéria-prima exportada para os estados do Sul do País. Segundo um dos associados da cooperativa e engenheiro florestal, Sinobilino Aguiar Almeida, a intenção é investir no segmento para industrializar o cristal na região. “Para tanto, estamos buscando recursos para investir em maquinários e capacitação da mão-de-obra”, argumentou, na abertura da vaquejada na noite de sexta-feira, 17.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink