Sefaz GO apura alta média de 4,66% no bovino para cria
CI
Agronegócio

Sefaz GO apura alta média de 4,66% no bovino para cria

A maior alta foi verificada no bovino fêmea de 13 a 24 meses
Por:

Entrou em vigor nesta segunda-feira (5) a nova pauta de valores referenciais para cobrança de ICMS na comercialização de gado bovino para cria. Levantamento da Secretaria da Fazenda aponta que, em média, os preços do bovino destinado à cria foram reajustados em 4,66%, A maior alta foi verificada no bovino fêmea de 13 a 24 meses, que passou de R$ 501,54 para R$ 567,14, com aumento de 13,08%. A única queda de preço registrada foi do bovino macho, com idade entre 25 e 36 meses, que passou de R$ 899,46 para R$ 851,69, com redução de 0,86%.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.