Segunda safra de soja pode ser combustível para pragas
CI
Agronegócio

Segunda safra de soja pode ser combustível para pragas

Pragas como a mosca branca, helicoverpa e percevejos foram registradas
Por:
 
Muitos questionamentos têm sido levantados sobre o plantio de soja na segunda safra. Um deles é com relação à exposição às pragas. A pesquisadora de Entomologia da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, Lucia Vivan, alerta que a “safrinha” com soja pode ser combustível para infestação.

“Além de aumentar o custo de produção é importante dizer que com essa prática, soja safrinha, houve maior exposição das pragas aos mesmos produtos que foram utilizados na safra, e isso pode acelerar a evolução da resistência de insetos a inseticidas”.

O cenário desta segunda safra já mostrou o que a pesquisadora apontou. “Pudemos constatar infestações de mosca branca no início dos plantios, principalmente nas áreas onde já estavam com alta infestação no cultivo da safra. Além disso, presença de lagartas Helicoverpa e percevejos”.

Para o controle dessas pragas o produtor teve que realizar aplicações de defensivos químicos, lembra Vivan. “Principalmente para mosca branca no início do desenvolvimento da cultura. Também foram realizadas aplicações para lagartas Helicoverpa com infestações ao longo do ciclo da cultura”.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink