Segunda terá chuvas típicas de outono
CI
Imagem: Gabriel Luan Rodrigues
AGROTEMPO

Segunda terá chuvas típicas de outono

Tempo seco no Brasil central e chuvas fortes nos extremos
Por: -Aline Merladete

A segunda-feira (04/04) terá chuvas com um comportamento típico da época do ano. A região onde este padrão será mais evidente é na parcela central do país, onde uma área de alta pressão diminui as condições para a formação de nuvens carregadas. Este tempo mais seco, mesmo que seja característica da época do ano,  afeta a quantidade de água disponível no solo, reduzindo o potencial produtivo de algumas lavouras na região.

Por outro lado, uma área de baixa pressão continuará atuando no sul do país que em conjunto com os ventos conhecidos como Jatos de Baixos Níveis, contribuem para a formação de temporais que podem ser localmente fortes. 

Um tempo mais chuvoso também será observado na faixa norte do território nacional, graças a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), um corredor de umidade que favorece a formação das chuvas na região. 

Confira a plataforma completa de mapas aqui.

Saiba  a previsão para a sua cidade aqui.

Região Norte

As projeções indicam uma maior irregularidade das chuvas na metade oeste da região, ao passo que as instabilidades se concentram sobre o norte e oeste. Assim, são esperadas chuvas volumosas entre a região do Baixo Amazonas, AP e nordeste do PA; sendo boa parte dessas instabilidades fortalecidas pela Zona de Convergência Intertropical. Apesar disso, uma massa de ar seco e quente impede a formação de nuvens carregadas no sul do TO. Já na metade oeste do AM e AC, as chuvas também serão mais irregulares.

Região Nordeste

As áreas de tempo firme aumentam em relação ao padrão dos últimos dias, mas o tempo continua chuvoso na faixa norte. A forte influência da Zona de Convergência Intertropical sobre o norte da região, garante um bom regime de chuvas neste início de semana. Há condições para acumulados expressivos, acima dos 30 mm,  ao norte do MA, norte do PI e CE. Algumas instabilidades também poderão surgir ao leste da BA, especialmente no Recôncavo Baiano, mas na forma de pancadas rápidas e passageiras. Contudo, no centro e oeste da BA, metade sul do PI, sul do MA, oeste de PE e sul do CE, a tendência será de um tempo mais seco e quente.

Região Centro-Oeste

O domínio de uma área de alta pressão, vai influenciar o tempo boa parte do centro-oeste. Essa condição de tempo é uma característica típica do outono, onde o regime de chuvas começa a mudar, caminhando para o período mais seco do ano. Desta forma, o tempo será firme em todo o estado do GO, norte do MS e na parcela sul e leste do MT. Ao sul e centro do MS, algumas instabilidades podem surgir devido à proximidade com as instabilidade que atuam na região sul. Já no norte do MT, a dinâmica da floresta amazônica é quem dá as condições para chuvas.

Região Sudeste

As instabilidades diminuem de forma expressiva nas áreas mais afetadas pelas chuvas nesses últimos dias. Pode chover de forma rápida e isolada sobre quase todo o estado de SP, mas os acumulados serão baixos, bem como no sul de MG. Já no ES, a umidade marítima contribui para a formação das nuvens de chuva, mas que serão na forma de chuviscos rápidos e passageiros. Grande parte do estado de MG está sob a atuação de uma área de alta pressão, que diminui e até mesmo impede a formação das nuvens carregadas. E especialmente no noroeste de Minas o tempo será quente e seco. 

Região Sul

A presença de uma área de baixa pressão sobre a região, manterá uma condição de tempo favorável à temporais. Esses temporais serão reforçados com o forte suporte de ar quente e úmido proveniente da região amazônica, trazidos pela corrente de ventos conhecida como Jatos de Baixos Níveis. Chove forte entre o oeste do RS, oeste de SC e sudoeste do PR com acumulados que poderão superar a marca dos 40 mm no decorrer do dia. As chuvas avançam rapidamente pela região, e durante o período da tarde o tempo fica limpo no sul do RS.

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva

Temperatura Máxima

Umidade Mínima


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.