Segundo deputado, burocracia é responsável por 17% dos custos dos portos
CI
Agronegócio

Segundo deputado, burocracia é responsável por 17% dos custos dos portos

Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) reclamou em Audiência Pública
Por:
O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) disse há pouco que os custos com salários de portuários somados aos lucros dos operadores somam apenas 8% dos custos com transporte marítimo no Brasil. “R$ 0,19 em São Paulo e R$ 0,13 no Paraná: é isso que o trabalhador ganha para embarcar 100 toneladas de soja”, informou.

Da composição total do custo dos transportes marítimos, segundo o parlamentar, 45% vão para o armador, 30% são usados para sanar problemas nas estradas, e 17% correspondem à burocracia. “O porto trabalha 24 horas, mas a burocracia não trabalha. Precisamos resolver isso”, defendeu.

O deputado participa de audiência pública da comissão mista que analisa a Medida Provisória 595/12 (MP dos Portos). A reunião ocorre no Plenário 6 da Ala Nilo Coelho, no Senado.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.