Seguro pecuário ganha força
CI
Imagem: Pixabay
GESTÃO

Seguro pecuário ganha força

Comitiva visitou fazendas exemplo para conhecer a importância da gestão de riscos
Por: -Eliza Maliszewski

O seguro pecuário ganhou destaque nos últimos anos. Em 2018 por exemplo, o Programa de Subvenção do Prêmio do Seguro Rural (PSR) na modalidade “Pecuário” disponibilizou aos produtores cerca R$ 1 milhão, valor muito abaixo do mínimo necessário. Em 2020 os pecuaristas tiveram cerca de R$10 milhões no PSR.

A modalidade garante que em caso de morte do animal segurado os prejuízos são cobertos. Com o objetivo de expandir a modalidade para outros estados um grupo visitou propriedades que usam a modalidade. As visitas foram feitas pelo Deputado Federal, Evair de Melo (PP-ES), Vice-Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e autor do Selo Arte, pela Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) e pela Denner Seguro de Animais.

Foram mais de 700 quilômetros pelo interior paulista, para mostrar ao parlamentar o bom trabalho desenvolvido no estado pelos produtores locais e assim ver os bons exemplos e replicá-los em outras regiões. “Com o governo apoiando a gestão do risco, ele como um parlamentar do agro precisava entender mais sobre essa ferramenta para que possa inclusive propor soluções para o Espírito Santo, onde tem forte atuação e vai lutar também para a subvenção lá”, destaca a coordenadora de seguros rurais Karen Matieli, proprietária da Denner Seguro de Animais.

Atualmente existem no mercado várias modalidades de seguro pecuário, que vão desde a proteção a comercialização de animais adquiridos em leilões, transportes de bovinos, rebanhos de corte e leite e amparo aos animais elite das propriedades. 

Bons exemplos

A comitiva pode visitar fazendas que são exemplo do uso da modalidade. A primeira parada foi a ACN Agropecuária, em Bragança Paulista, do pecuarista Anderson Carlos do Nascimento. No local há criação de girolando de altíssima qualidade. A segunda visita ocorreu em Descalvado, na Agrindus Agropecuária. A fazenda revolucionou a comercialização do leite tipo A no Brasil com uso de alta tecnologia, bem estar animal e rastreabilidade. O tour de visitas nas propriedades do interior paulista se encerrou no município de Araras, na Fazenda Colorado, famosa pelo seu carrossel de ordenhatualmente no local são produzidos mais de 95.000 litros de leite tipo A, com média de 45 kg dia por animal.

O parlamentar se disse impressionados com os bons exemplos e a importância de assegurar essa produção. “Acredito que o seguro agropecuário como uma grande ferramenta pode ser ampliada em todo o território nacional. Pude ouvir dos proprietários que as duas subvenções (estadual e federal) deram a confiança para investir em matrizes e reprodutores”, disse o deputado.

 


 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink