Seguro rural assume protagonismo no Brasil
CI
Imagem: Arquivo
ESPECIAL

Seguro rural assume protagonismo no Brasil

Contratação deixou de ser apenas por obrigação e produtor busca cada vez mais garantir a safra
Por: -Eliza Maliszewski

Foi-se o tempo em que o seguro rural era feito apenas por obrigação para contratar um custeio agrícola, por exemplo. É cada vez maior o número de produtores que buscam assegurar a sua lavoura de fatores que podem por a perder todo o esforço, como problemas com clima, pragas e doenças e os preços da commodities.

Não é para menos. O Brasil se prepara para colher a maior safra de soja da história, com 133 milhões de toneladas e uma grande safrinha de milho, superior a 76 milhões de toneladas. Essas são as duas culturas que mais contrataram apólices nos três primeiros meses deste ano-safra. Segundo dados do Ministério da Agricultura já são mais de 10 milhões de hectares assegurados.

Foram utilizados em torno de R$ 680 milhões em subvenção ao prêmio que auxiliou financeiramente os produtores a contratar até o momento cerca de 149 mil apólices, cujo valor total segurado foi de R$ 33 bilhões. Só na soja está mais da metade do número de hectares, com um total de 5,8 milhões de área. No milho safrinha são 2,2 milhões de hectares e no trigo 796 mil hectares.

É muito mas ainda pouco se for comparado o montante total de hectares plantados com grãos no país. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento, somando grãos e fibra, a safra 20/21 deve somar 66,7 milhões de hectares. Dúvidas comuns envolvem como contratar, que regras segue e que preço vai pagar. No vídeo abaixo conversamos com produtor e seguradora para entender o processo e também mostramos como surgiu a modalidade. Confira:

Como contratar

O produtor precisa procurar uma das 14 seguradoras credenciadas a operar no Programa de Subvenção ao Seguro Rural. A contratação pode ser feita por pessoa física ou jurídica.

Para os grãos em geral, o percentual de subvenção ao prêmio pode variar entre 20% e 40%, a depender da cultura e tipo de cobertura contratada. No caso das frutas, olerícolas, cana-de-açúcar e demais modalidades (florestas, pecuário e aquícola) o percentual de subvenção ao prêmio será fixo em 40%. Para quem busca o Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) o governo destinou verba específica com 55% de subvenção do prêmio para de soja e milho verão e de 60% para banana, maçã e uva.

Para mais esclarecimentos há um aplicativo gratuito para Android e IOS chamado “PSR - Programa de Seguro Rural”, desenvolvido pela Embrapa.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink