Agronegócio

Seguro rural já cobre R$ 2,8 bilhões

Quebrar as resistências dos produtores ao seguro ainda é um desafio para o governo e as seguradoras
Por: -Mauro Zanatta
2 acessos
Quebrar as resistências dos produtores ao seguro rural ainda é um desafio para o governo e as seguradoras. Mas os resultados do ramo em 2006 mostram ser possível a meta da "massificação" do produto com uma política de apoio oficial ao subsídio do prêmio pago pelo produtor. E apontam para a ampliação do seguro rural neste ano para novas culturas, regiões e empresas.


A decisão do Banco do Brasil de condicionar a concessão do crédito de custeio à contratação do seguro foi fundamental para a ampliação do seguro rural no país. Em parceria com o IRB Brasil Resseguros e a suíça Converium, o projeto-piloto do BB para soja e milho em quatro Estados ajudou a elevar o capital segurado de R$ 126,6 milhões, em 2005, para R$ 2,81 bilhões em 2006. Desse total, R$ 971 milhões passaram pelo BB. "Com essa experiência, bem-sucedida até aqui, haverá mais apetite das empresas e a garantia de coberturas mais ampla aos produtores na safrinha de inverno e na próxima safra", afirma o diretor de Agronegócio do BB, José Carlos Vaz.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink