Semana Arrozeira: expectativas superadas

Agronegócio

Semana Arrozeira: expectativas superadas

"Mesmo em meio a dificuldades, o arrozeiro não deixou de participar e trazer sua família", comenta o presidente Henrique Dornelles
Por:
992 acessos
A 4ª Semana Arrozeira de Alegrete, encerrada no último sábado, 4 de junho, teve suas expectativas plenamente alcançadas. Esta foi a avaliação da diretoria da Associação dos Arrozeiros de Alegrete após os sete dias de grande público nas atividades no CTG Farroupilha e localidades no interior dos municípios de Alegrete e Manoel Viana, onde mais de 3500 pessoas participaram de cursos, palestras, workshops, treinamentos, homenagens e do Baile do Arroz.


- Mesmo em meio a dificuldades, o arrozeiro não deixou de participar e trazer sua família – comenta o presidente Henrique Dornelles.

As palestras noturnas ocorreram todas com casa cheia. Tanto para demonstrar as qualidades do arroz na alimentação, como com a nutricionista Ana Laura Guimarães e o Dr. Carlos Nascimento, quanto para debater a situação do mercado com o consultor Tiago Barata, e até mesmo para repensar a postura pessoal no enfrentamento à crise, como no frio domingo com o Professor Daltro, o comparecimento foi acima do esperado. A programação voltada à diversificação do consumo do arroz, principalmente os workshops de gastronomia e da merenda escolar e a participação da Escola de Gastronomia Aires Scavone foram destaque à parte, dada a grande aceitação do público.

- Fomos corajosos em aprofundar o tema gastronômico e nutricional. Mudamos a rotina dos gourmets, muitos foram todos os dias. Vários profissionais não tinham estas informações e o efeito multiplicador será importante. Sem contar que em meio a uma crise, tratamos dos problemas da lavoura em apenas dois momentos – reforça Dornelles.


A programação no interior também obteve sucesso. As comunidades do Mariano Pinto, Rincão de São Miguel, Conceição e Manoel Viana marcaram presença com questionamentos e interesse nos temas apresentados. O diretor técnico da Associação dos Arrozeiros, Uillian Pilecco, destaca a postura dos trabalhadores:

- Todas as atividades foram boas, com o pessoal demonstrando interesse. As palestras lotadas são a maior prova.

Como ponto negativo, fica a questão do Irga. Apoiador desde a primeira edição, a instituição retirou o patrocínio, vetou a participação de palestrantes e cancelou na última hora a entrega oficial do Selo Ambiental. O presidente questiona a postura:


- Para todos foi uma surpresa esta tentativa do Governo do Estado em desprestigiar o evento, principalmente por serem iniciativas ligadas ao meio ambiente – cita, referindo-se ao workshop de tecnologias limpas na lavoura e ao Selo Ambiental.

Por fim, o entendimento de que as expectativas foram superadas:

- A Semana Arrozeira mostrou o prestígio da Associação dos Arrozeiros de Alegrete. Tivemos uma programação abrangente e inédita dentro da nossa área. Apesar das dificuldades, os parceiros mostraram-se firmes e tivemos uma equipe dedicada.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink