Semana será de chuva pelo país
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Semana será de chuva pelo país

Choveu muito no Nordeste e a chuva deve seguir concentrada na região neste semana
Por: -Eliza Maliszewski

A Bahia está em alerta laranja par temporais. Em três dias de novembro já choveu mais do que o esperado para o mês inteiro. No estado pelo menos 150 famílias estão desabrigadas e alguns municípios como Itabuna e Ibicaraí, ambos na região cacaueira, decretam situação de emergência por conta das chuvas. Já Ibicuí decretou estado de calamidade pública.
Em Ilhéus, segundo a Defesa Civil, choveu 72mm em apenas 9 horas - volume equivalente ao total esperado para os 20 primeiro dias de novembro. Em Senhor do Bonfim, choveu 93 mm e a média para novembro é de 65 mm.

Também choveu bastante no Sertão. Em Petrolina (PE) entre 3 horas da madrugada de sábado e 22 horas de domingo choveu 96,2 mm, sendo que a média de chuva para novembro é de 52 mm, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Isto significa que em menos de 24 horas choveu quase o dobro do normal. 

Nesta terça-feira (3) a frente fria avança pelo Nordeste e há previsão de chuva volumosa e temporais sobre a Bahia, Maranhão, Piauí, sertão do Ceará, da Paraíba, de Pernambuco e também de Alagoas e Sergipe. Na quarta-feira (4) alerta para Bahia, Piauí e Maranhão. 

No Matopiba, as chuvas deverão variar entre 10 e 70 mm, com maior probabilidade de ocorrência em Tocantins e no oeste da Bahia.

Ainda de acordo com o boletim meteorológico do Inmet, para o período entre 3 e 11 de novembro, as chuvas devem ser alinhadas desde a Região Norte, passando por parte do Centro-Oeste e se prologando até a Região Sudeste do Brasil.

Na Região Sul a tendência é de acumulado de chuva em torno de 80 mm no leste de Santa Catarina e do Paraná. Uma frente fria passará pelo sul do Rio Grande do Sul na sexta-feira (6).  De uma forma geral, o acumulado será baixo.

A Região Central e também a Região Sudeste deverão ter chuvas intensas, principalmente nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás e no Distrito Federal, onde os acumulados poderão ultrapassar os 120 mm.

Os acumulados de chuva também deverão ficar próximos aos 80 mm no Amazonas, Roraima e no sul do Pará. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink