Semanas Arrozeira de Alegrete/RS: aposta é nas tecnologias limpas

Agronegócio

Semanas Arrozeira de Alegrete/RS: aposta é nas tecnologias limpas

Debates envolvem questão ambiental e produção sustentável
Por: -Joana
1079 acessos
Apesar de focar-se na temática alimentar, a 4ª Semana Arrozeira de Alegrete não está tratando apenas da qualidade do arroz no prato. Nesta terça-feira, 31 de maio, acontecem no CTG Farroupilha duas atividades diretamente ligadas à questão ambiental e à produção sustentável.

A primeira é o Encontro de Comitês de Bacias do Pampa, organizado pelo Comitê Ibicuí, que aconteceu a partir das 9h30. Na oportunidade os comitês Butuí/Icamaquã, Piratinim, Santa Maria, Quaraí e Negro debateram a proposta de criação de uma agência comum para assessoramento técnicos dos comitês, o que se torna possível em função de características comuns no relevo, vegetação, baixa densidade demográfica e atividade econômica, notadamente a pecuária e a orizicultura irrigada. Segundo levantamento da consultoria contratada para elaborar o Plano de Bacia, a baixa emissão de poluentes dessas atividades é a principal causa das bacias da região do pampa registrarem o melhor nível de qualidade de água.

Na parte da tarde, às 13h30, o tema tem continuidade no Workshop “Tecnologias Mais Limpas na Lavoura de Arroz e na Propriedade Rural”. Os painelistas serão o professor Cláudio Mundstock e a pesquisadora Vera Mussói Macedo, ligados ao Instituto Riograndense do Arroz, e o biólogo Aníbal Parera, da ONG Argentina Alianza Del Pastizal. O workshop é baseado no projeto do Irga de mesmo nome que investe na difusão de tecnologias sustentáveis para a lavoura de arroz e demais aspectos da atividade agrícola. Um dos pilares do projeto é o Selo Ambiental, que reconhece anualmente as propriedades que estejam em conformidade com a legislação ambiental. Vera é coordenadora do Selo Ambiental e Mundstock é consultor do prêmio. A entrega do Selo Ambiental aos produtores locais contemplados será na quinta-feira, 2 de junho, durante a Noite das Premiações.

A ONG argentina Alianza Del Pastizal, coordenada por Parera, trabalha pela conservação das aves do bioma pampa através do apoio a atividades de desenvolvimento sustentáveis nos quatro países do Cone Sul. Vêm à Semana Arrozeira a convite do Comitê Ibicuí.

- A lavoura de arroz é a maior usuária de água da bacia do Ibicuí e das demais bacias do pampa, por isso a importância de trazer a reunião do Comitê para dentro da Semana Arrozeira e dos debates do workshop de tecnologias limpas. Todas essas questões estão interligadas – avalia o presidente do Comitê Ibicuí, Ivo Mello.


As informações são da Associação dos Arrozeiros de Alegrete

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink