Sementes crioulas são foco de evento em Ibarama

Agronegócio

Sementes crioulas são foco de evento em Ibarama

Terá início na próxima quinta-feira (11/08), a edição 2016 do Saberes, Sabores e Sementes Crioulas.
Por:
716 acessos

Terá início na próxima quinta-feira (11/08), a partir das 15h, no Ginásio Municipal de Esportes João Lazzari, município de Ibarama, a edição 2016 do Saberes, Sabores e Sementes Crioulas. O evento congrega o 15º Dia da Troca das Sementes Crioulas, o 5º Seminário da Agrobiodiversidade Crioula, a 5ª Feira da Economia Popular Solidária e o 5º Seminário dos Guardiões Mirins das Sementes Crioulas.

Realizado anualmente, o Saberes, Sabores e Sementes Crioulas visa divulgar informações sobre a agrobiodiversidade crioula e sensibilizar sobre a importância desses materiais genéticos que estão em poder dos agricultores. "Queremos mostrar o que o município de Ibarama faz no resgate e na preservação de sementes crioulas, bem como socializar o conhecimento técnico com o saber popular dos nossos guardiões e, principalmente, fomentar os guardiões mirins, que são aqueles que irão nos suceder na conservação deste material que está quase extinto", explica o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Giovane Rigon Vielmo.

De acordo com o extensionista, a preservação das sementes crioulas é fundamental para manter o banco de germoplasma e demais materiais que podem ser muito importantes para as futuras gerações, na continuidade do estudo das sementes. "Esses materiais estavam quase perdidos e nós conseguimos resgatar juntamente com os guardiões e com as entidades parceiras. Esse é um material que cada agricultor pode multiplicar em sua propriedade e se tornar independente na aquisição de sementes no decorrer dos anos", ressalta Vielmo. 

As atividades iniciam na tarde da quinta-feira com a troca de sementes e a Feira da Economia Popular Solidária. A programação tem continuidade na sexta-feira (12/08), a partir das 9h, com a realização do 5º Seminário da Agrobiodiversidade Crioula e o 5º Seminário Regional dos Guardiões Mirins, no qual será ministrada a palestra "A importância do saber local", com o professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Clayton Hillig. Também haverá apresentações teatral e de experiências relacionadas à agrobiodiversidade crioula. Durante todo o dia tem continuidade a troca das sementes, bem como a Feira da Economia Popular Solidária.

Para aqueles que têm interesse nas sementes crioulas, mas não as possuem para a troca, é possível comprar. "Os agricultores comercializam as sementes para iniciar o processo de conservação e preservação das sementes crioulas que podem ser cultivadas em pequenos espaços como em hortas, vasos e fundo de quintais como também em lavouras. Esse evento está se consolidando como um evento referência na preservação da agrobiodiversidade", finaliza o extensionista.

Sementes Crioulas

O trabalho com sementes crioulas no município de Ibarama teve início em 1998 com um grupo informal composto por dez agricultores. Devido ao sucesso do trabalho, foi fundada em 2008, a Associação dos Guardiões de Sementes Crioulas de Ibarama, que é formada atualmente por 40 agricultores familiares do município com o intuito de manter, preservar e multiplicar as sementes crioulas nas propriedades rurais.

O trabalho que iniciou com o resgate e a preservação de espécies de milho crioulo, hoje também cultiva variedades crioulas de feijão, arroz sequeiro, hortaliças, mandioca, batatas, cana-de-açúcar, amendoim, entre outras. "É uma infinidade de produtos da agricultura familiar que está sendo preservada e disponibilizada para outros agricultores interessados", finaliza Vielmo. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink