Seminário debate sobre produção e tendências de mercado
CI
Agronegócio

Seminário debate sobre produção e tendências de mercado

Seminário busca esclarecer dúvidas sobre produção e tendências
Por:
Para esclarecer os produtores de leite sobre produção e tendências de mercado, o Sindicato Rural de Seara promove neste sábado (05.04) a partir das 9h30 o “I Seminário do Leite – produção e tendência de mercado”. O evento será realizado no CTG Seara e Pampa e integra a programação de aniversário de 60 anos do município de Seara.

A promoção é do Sindicato Rural de Seara e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc), com apoio da Tirol, Copérdia, Laticínio Muller e Prefeitura Municipal de Seara.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Seara, Valdemar Zanluchi, o evento orientará os produtores de onde é bom investir e ampliará a visão do empreendimento rural. “A atividade cresce 15% ao ano e é a terceira em importância econômica no município”, argumenta.

Na região de Seara são 1.400 propriedades rurais, sendo que destas 1.200 produzem leite. Zanluchi realça que a média de produção é de 5 a 6 milhões de litros de leite por mês. “As vacas estão produzindo leite a base de pasto, porque os produtores não têm animais em confinamento”, justifica.

PROGRAMAÇÃO
Os organizadores prevêem a participação de aproximadamente 300 produtores rurais da região. Também estarão presentes autoridades locais, o superintendente do Senar/SC Gilmar Antônio Zanluchi e o Secretário de Estado da Agricultura e da Pesca Enori Barbieri.

O secretário adjunto da Secretaria da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina o PhD, Airton Spies, palestrará sobre “Tendências de mercado lácteos para a região oeste catarinense”.

O coordenador de pecuária do Senar/SC, Olices Osmar Santini, apresentará sobre o programa “Leite Legal”, que tem como objetivo capacitar os produtores rurais para atingir os parâmetros mínimos de qualidade de leite exigidos pela Instrução Normativa 62 (IN-62), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que estabelece os critérios do produto para ser recebido e aproveitado pelas agroindústrias. A iniciativa está sendo executada em todo o Brasil pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em convênio com o Senar e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O seminário encerra às 12 horas com almoço de confraternização.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink