Agronegócio

Seminário lança programa de qualificação PAS Uva para processamento

Evento apresentará os primeiros resultados do Programa Alimentos Seguros (PAS) específico para a fruta, mostrando casos de sucesso de implementação e boas práticas agrícolas e enológicas
Por:
1595 acessos
O Seminário do Programa Alimentos Seguros (PAS) Uva para Processamento apresentará os primeiros resultados do projeto piloto que visa a qualificação da produção da fruta e dos processos para elaboração de sucos, vinhos, espumantes e outros derivados. O evento ocorre nesta sexta-feira (27), a partir das 9h, no auditório da Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves (rua Livramento, 515). Além da apresentação dos casos de sucesso de implantação do programa, a programação inclui debates técnicos sobre segurança na produção vitícola e sobre gestão da segurança e da qualidade nas vinícolas. O lançamento nacional do PAS Uva para Processamento encerra o seminário.


Com etapa piloto para validação da metodologia do programa iniciada em 2011, o PAS Uva para Processamento envolveu 68 produtores rurais e 34 vinícolas de sete estados brasileiros – Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Pernambuco e Goiás. Além das parcerias com entidades ligadas ao setor produtivo, o projeto contou com a assessoria de 20 consultores de todo o país, e investimentos em torno de R$ 1 milhão. Pioneiro em sua concepção metodológica e abrangência de atuação, o programa tem como objetivo promover a melhoria da qualidade do produto entregue ao mercado, dando sustentação à cadeia produtiva, além de também auxiliar as empresas a se adequarem à legislação.

O diretor-executivo do Ibravin, Carlos Paviani, afirma que os primeiros participantes do PAS são exemplos para outros produtores rurais e vinícolas, pois auxiliaram no aprimoramento da metodologia e comprovaram que os benefícios propostos pelo programa atingem desde o produtor rural e a indústria até o consumidor que busca os produtos cada vez mais seguros nos pontos de venda.


“Já podemos identificar muitas vantagens de implementação desta ferramenta. Uma delas é a de que, como no futuro esta certificação será exigida pelos distribuidores e varejistas para a comercialização, os produtores e a indústria podem se antecipar no cumprimento destas normas e ainda ter ganhos de qualidade”, complementa. Paviani destaca que o programa pode ser implantado tanto por produtores rurais familiares como também por indústrias de grande porte.
A implantação do programa também proporciona a adequação das empresas à Instrução Normativa nº 5, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que entrou em vigor em 2000, e que estabelece requisitos gerais e essenciais de higiene e de boas práticas na elaboração de bebidas como vinhos, suco de uva, vinagres e derivados da uva e do vinho, elaborados para o consumo humano. Além de dar subsídios para o cumprimento da norma, o PAS permite um ganho de qualidade, diminuição de custos e de desperdício e, por consequência, melhoria de gestão e de competitividade para o setor.


O PAS foi concebido pelas entidades do Sistema S (Senai, Sebrae, Sesi e Senac) para proporcionar o cultivo, o processamento e a comercialização de alimentos sadios tanto para o produtor como para o consumidor. A formatação de um método próprio para a uva destinada ao processamento foi executada pelo Ibravin por meio de convênio com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Serviço Nacional da Indústria (Senai) e a Embrapa Uva e Vinho. A etapa piloto trouxe uma série de inovações metodológicas e se mostrou um importante aliado para a qualificação e modernização do setor como um todo. A partir do lançamento, o PAS Uva para Processamento estará disponível para contratação por viticultores ou vinicultores de todo o país.

Aspectos abrangidos pelo PAS Uva para Processamento:

- Boas práticas Agrícolas (BPA)
- Boas Práticas de Elaboração (BPE)
- Análise de perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC)

SERVIÇO

Seminário do Programa Alimentos Seguros (PAS) Uva para Processamento
Local: Auditório da Embrapa Uva e Vinho ((rua Livramento, 515, Bento Gonçalves)
Data: 27 de setembro
Horário: 9h às 12hs
Inscrições e informações: pelo e-mail projetos@ibravin.org.br

Programação

9h15min - Avaliação da Genotoxidade em Trabalhadores da Vitivinicultura
Palestrante: Fernanda Rabaioli da Silva, Pesquisadora da UFGRS e ULBRA
9h35min - Gestão da Segurança e da Qualidade nas Vinícolas
Palestrante: Paschoal G. Robbs, assessor técnico da Dzetta – Projetos, Consultorias e Treinamentos
10h – Casos de sucesso de implementação do PAS
Palestrante: Hulda Oliveira Giesbrecht, técnica da Unidade Inovação e Tecnologia do Sebrae Nacional
10h40 – Lançamento Nacional do PAS Uva para Processamento
11h – Entrega das Declarações de Implantação de BPA, BPE e APPCC para as empresas participantes do grupo piloto do PAS – Uva para Processamento
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink