Seminário sobre manejo e sistemas agroflorestais na Confresa

Agronegócio

Seminário sobre manejo e sistemas agroflorestais na Confresa

Confresa recebeu o terceiro seminário em Mato Grosso do Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas na Amazônia (PRADAM), neste sábado (20/8).
Por:
625 acessos

Confresa recebeu o terceiro seminário em Mato Grosso do Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas na Amazônia (PRADAM), neste sábado (20/8). O município possui uma área total de cerca de 583 mil hectares, sendo que 564 mil ha são considerados Amazônia Legal. A produção de grãos na safra 2015/2016 foi de aproximadamente 47 mil toneladas, mas o destaque na região é a bovinocultura de corte, com um rebanho de 400 mil animais.

Os temas abordados em Confresa foram Recuperação de Pastagens no Plano da Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC) e Sistemas Agroflorestais, com ênfase no cacau e na seringueira.

Vale pontuar que a região Centro-Oeste concentra 30 milhões de hectares de pastagens degradas, sendo que 25 milhões de ha estão em Mato Grosso. O Governo Federal, por meio do Plano ABC traçou a estratégia de recuperar, até 2020, 15 milhões de ha em todo o país, por meio de manejo adequado. Para incentivar os produtores, existe uma linha de crédito específica para investimentos nesta área. Para a safra 2016/2017 estão sendo disponibilizados R$ 2,9 bilhões para projetos de recuperação de pastagens.

Presente no evento, o presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte, distante 30 quilômetros de Confresa, Marcelo Gonçalves, destacou que a região está iniciando o processo de transição da pecuária para a agricultura e por isso iniciativas como a do PRADAM são importantes para levar informações e motivar os produtores, tanto pequenos quanto médios e grandes. “São tecnologias que o produtor tem condição de adotar, mas que muitas vezes ainda não tem o conhecimento”.

O gerente de Educação Formal e Assistência Técnica do SENAR-MT, Armando Urenha, pontuou que os seminários são a primeira etapa do PRADAM, que também está formando técnicos de assistência técnica que atuarão na aplicação das tecnologias de produção sustentável difundidas pelo projeto. “Sabemos que além da sensibilização e da capacitação dos produtores, a assistência técnica é essencial para o sucesso destas tecnologias”.

Projeto - O PRADAM é uma parceria entre o SENAR Brasil, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Embrapa. O projeto faz parte de um Acordo de Cooperação com a FAO e tem por objetivo o fomento da tecnologia sustentável para a produção agropecuária na Amazônia brasileira. Em Mato Grosso, o PRADAM conta com o apoio do SENAR-MT.

Além de Mato Grosso, os seminários estão sendo realizados nos estados do Acre, Amazonas, Maranhão, Pará e Rondônia. No Estado, os eventos aconteceram também em Juara e Gaúcha do Norte.

O último seminário em Mato Grosso acontece hoje (22/8) a partir das 18h30, em São Félix do Araguaia.

Dia 22/8 – São Félix do Araguaia

18:30 - Credenciamento
19:00 - Abertura com representantes do SENAR-MT
19:30 - Palestra sobre Recuperação de Pastagens no Plano da Agricultura de Baixa Emissão de Carbono -  Cleomar Costa/ Mapa-MT
20:30 - Coffee Break
21:00 - Palestra sobre Sistemas Agroflorestais - Fernando Oliveira da Silva/ Ceplac-MT
22:00 - Questionamentos
22:30 - Encerramento

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink