Senar e Governo do MT unificam mutirões de cidadania
CI
Agronegócio

Senar e Governo do MT unificam mutirões de cidadania

Em 2011, o Mutirão Rural do Senar-MT atingiu a marca de 60 mil atendimentos
O presidente do Sistema Famato, Rui Prado, anunciou na última sexta-feira (27-01) a fusão dos programas assistenciais "Mutirão Rural", desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), e "Mutirão da Cidadania", organizado pelo Governo do Estado. O objetivo da medida, definida após reunião com o secretário adjunto de Trabalho e Emprego, Jean Estevan, é fortalecer as ações das instituições e ampliar os atendimentos nos mutirões.


"Nos mutirões que realizamos todos os anos no campo já contávamos com o apoio do Governo do Estado, que fazia o mesmo trabalho com o público urbano. No entanto, no ano passado o Governo passou a realizar também atendimentos em algumas localidades rurais, o que proporcionou o entendimento de que deveríamos estar juntos em todos os eventos. Assim, potencializaremos ainda mais nossas ações atingindo um maior número de pessoas", disse Prado.

Durante os eventos, os participantes têm a oportunidade de receber atendimento gratuito nas áreas da saúde, educação, cultura, esporte, lazer, além de emissão de documentos (RG, CPF, carteira de trabalho, título de eleitor e certidão de nascimento). Os mutirões envolvem sindicatos rurais, prefeituras, órgãos estaduais, empresas privadas e comunidades locais no trabalho voluntário. "Queremos proporcionar aos trabalhadores e cidadãos mais qualidade de vida, pois sabemos que essas iniciativas têm sempre um bom retorno. É muito gratificante ver essas famílias acessarem serviços tão fundamentais", comentou Estevan.


Em 2011, o Mutirão Rural do Senar-MT atingiu a marca de 60 mil atendimentos em 39 eventos, superando a expectativa para o ano, que era de 25 mil atendimentos. "Agora, com a fusão dos atendimentos, a expectativa é de que esses números se multipliquem. Ganharemos eficiência, e a comunidade ganhará mais serviços", observa o Superintendente do Senar-MT, Tiago Mattosinho.

Para levar cidadania aos municípios mais distantes da capital, a caravana do Senar-MT percorreu no ano passado mais de 40 mil quilômetros. Os mutirões rurais começaram em 1996, com o primeiro evento na comunidade de Aricá, no município de Santo Antônio do Leverger. De lá para cá, os resultados positivos fizeram com que a instituição mantivesse os trabalhos.


Participam dos eventos outras entidades, como a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), cooperativas e associações rurais.

A Famato é a entidade que reúne e representa os Sindicatos Rurais de todo o Estado. Junto com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado do Mato Grosso (Senar-MT), forma o Sistema Famato.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.