Senar integra grupo de trabalho para estimular desenvolvimento da Zona da Mata

Agronegócio

Senar integra grupo de trabalho para estimular desenvolvimento da Zona da Mata

Objetivo é adensar e coordenar a colaboração entre universidade e empresas e instituições no âmbito regional
494 acessos

Objetivo é adensar e coordenar a colaboração entre universidade e empresas e instituições no âmbito regional

A Zona da Mata mineira ganhou, em junho deste ano, um grupo de trabalho que reúne instituições de ensino e pesquisa, poder público e agentes econômicos a fim de impulsionar o desenvolvimento e aumentar a competitividade da região. No início de agosto o Senar Minas passou a integrar o grupo, denominado Grupo de Trabalho, Desenvolvimento e Inovação na Mata Mineira (GDI Mata).

A oficialização do grupo ocorreu no dia 22 de julho, quando foi apresentada a carta de intenções. O GDI Mata foi formado a partir de um encontro de entidades realizado no Centro de Inovação e Transferência de Tecnologia (CRITT) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com o propósito de definir ações colaborativas para estímulo ao desenvolvimento regional.

O objetivo é estabelecer um roteiro e sistemática de trabalho para adensar e coordenar a colaboração entre universidade e empresas e instituições no âmbito regional, de modo a favorecer o alcance de um novo patamar de desenvolvimento para Juiz de Fora e a Zona da Mata mineira.

De acordo com o diretor CRITT da UFJF, Ignacio Godinho Delgado, “o sentido geral da colaboração proposta é favorecer a dinamização das vocações regionais, com iniciativas dirigidas a áreas intensivas em conhecimento, mais diretamente articuladas às atividades de ensino e pesquisa da universidade, bem como ao fortalecimento das atividades estabelecidas no espaço econômico regional, ainda que tradicionais”.

“É de grande importância quando várias entidades, públicas e privadas, se unem para trabalhar em harmonia, em prol do desenvolvimento regional, principalmente neste momento difícil pelo qual passa nosso país. O Senar Minas irá integrar o Grupo Temático do Agronegócio, contribuindo por meio da capacitação da mão de obra rural”, destaca o gerente regional do Senar Minas em Juiz de Fora, Márcio Luiz Silva.

Participam do GDI Mata

Universidade Federal de Juiz de Fora; Prefeitura de Juiz de Fora; Senar Minas; Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADDJFR); Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) da Zona da Mata; Associação Comercial e Empresarial de Juiz de Fora (ACE/JF); Câmara de Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL/JF); Centro Industrial de Juiz de Fora (CDI/JF); Circuito Turístico Caminho Novo; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) - Regional Zona da Mata; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste); Juiz de Fora Convention and Visitors Bureau; Liga das Empresas Juniores da UFJF; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) - Regional Zona da Mata; Sindicato das Indústrias de Meias (Sindimeias JF); Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC Minas); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI - Juiz de Fora); Serviço Social do Transporte - Serviço nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT); e Sindicato do Comércio de Juiz de Fora (Sindicomércio-JF).

As entidades são divididas em grupos de trabalho de acordo com sua área de atuação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink