Senar Minas realiza o curso Tratador de Animais em Itaobim

Agronegócio

Senar Minas realiza o curso Tratador de Animais em Itaobim

O Senar Minas atendeu os municípios de Caraí, Itinga, Medina e Itaobim capacitando 11 pessoas com o curso de Tratador de Animais
792 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Atendendo a demanda do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), o Senar Minas, em parceria com a Associação dos Produtores Rurais de Itaobim, atendeu os municípios de Caraí, Itinga, Medina e Itaobim capacitando 11 pessoas com o curso de Tratador de Animais.

A especialização, que teve como objetivo realizar vacinação em bezerras contra brucelose, foi ministrada pelo médico veterinário e instrutor Romeu Sousa Duque. Como resultado final, foram imunizadas 15 bezerras e repassadas 24 horas de conhecimentos do sistema de defesa sanitária e de vacinação animal.

Entre teorias e práticas, os participantes estudaram sobre as doenças de importância nos animais de produção e seus sinais clínicos, os procedimentos para aplicação de vacinas - sobretudo os métodos para a vacinação contra brucelose -, além de receberem noções do calendário de vacinação oficial, do Projeto de Apoio à Saúde Agropecuária (PASA), da Portaria IMA 243/97 e da Instrução Normativa 06/2004.

Segundo o técnico do Projeto Balde Cheio do município de Caraí, José Lucas Cordeiro, o curso terá uma grande importância para sua região. Ele foi um dos alunos e garantiu que será um multiplicador dos conhecimentos adquiridos. “A região é carente de médicos veterinários. Levarei tanto as informações a respeito das principais doenças dos bovinos e equinos, bem como as técnicas de vacinação contra brucelose” explicou.

Para o assistente do IMA, Eder Alves dos Santos, o curso vai contribuir para melhorar os índices de vacinação contra brucelose na região. “A parceria Senar e IMA está sendo muito produtiva” destacou.

Vacinação

A vacina contra brucelose é dividida em duas etapas, sendo uma em cada semestre do ano, sendo aplicada em bezerras com idade entre três e oito meses. Para comprovar a vacina é importante que o produtor faça a marcação V6 na face esquerda do animal imunizado. O "V" significa vacinação de brucelose e o número 6 indica o último dígito do ano em que foi aplicada a vacina, no caso 2016.

O criador de animais é obrigado a declarar a vacinação contra a brucelose no mínimo uma vez a cada semestre. A falta da vacinação ou a falta da declaração impede o produtor rural obter o GTA – Guia de Transporte Animal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink