Sensores estão tornando o agro mais “inteligente”
CI
Imagem: Pixabay
TECNOLOGIA

Sensores estão tornando o agro mais “inteligente”

Europa vem testando bastante esses métodos tecnológicos
Por: -Leonardo Gottems

A instalação de sensores sem fio entre as culturas e a colocação de marcas auriculares 'inteligentes' no gado pode ajudar os agricultores a produzir mais alimentos com menos impacto no meio ambiente, o que pode tornar o agronegócio mais inteligente. De acordo com Francois Lienard, gerente de comunicações do projeto Internet of Food and Farm 2020 (IoF2020), a tecnologia é a saída para resolver os problemas ambientais e também para a necessidade alimentar que aumenta a cada ano. 

Em um exemplo, 2.200 vacas leiteiras em seis fazendas na Dinamarca, Alemanha, Letônia e Lituânia foram equipadas com brincos com uma antena de identificação de frequência de rádio sem fio para identificar cada animal quando eles visitam um alimentador robótico inteligente. O alimentador pode detectar quando a vaca enfia a cabeça no alimentador e registra o tempo que cada vaca visita, juntamente com exatamente quais doses de suplementos alimentares minerais foram administrados. 

A dieta das vacas leiteiras antes do parto e por 100 dias após o parto é particularmente importante para mantê-las saudáveis e garantir a qualidade do leite que produzem, que é onde os suplementos minerais podem ajudar. Resultados preliminares, que ainda não foram publicados, mostram que a produção de leite em rebanhos usando etiquetas e alimentadores inteligentes aumentou 1%, mas também melhorou a qualidade do leite em 20%. Ao mesmo tempo, o número de animais doentes diminuiu 6% em comparação com um rebanho sem as etiquetas, e o número de vacas abatidas devido a problemas de saúde foi 24% menor, informou Richard Gray, da revista europeia Horizon. 

Mas a internet das coisas também pode ajudar os agricultores que tentam cultivar culturas de grão ou forragem. Entre as 33 experiências do IoF2020, estão sensores sem fio movidos a energia solar que monitoram a umidade do solo, o conteúdo de nutrientes, a umidade e as condições climáticas em diferentes 'zonas' de um campo, para que os agricultores possam ajustar com precisão o crescimento seu cultivo. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink