Serão necessárias medidas para alimentar população

ESTUDO

Serão necessárias medidas para alimentar população

"Portanto, para um futuro sustentável, é necessário minimizar as emissões de nitrogênio da produção agrícola"
Por: -Leonardo Gottems
361 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O pesquisador da Universidade Politécnica de Madrid (UPM), na Espanha, Luis Lassaletta, afirmou que será possível alimentar a população mundial até 2050, desde que algumas atitudes sérias sejam tomadas desde agora. De acordo com ele, o estudo produzido pela universidade avaliou as contribuições futuras dos fertilizantes nitrogenados para as terras agrícolas do mundo. 

Levando em conta diferentes cenários socioeconômicos futuros, os pesquisadores concluíram que existe um cenário em que poderíamos alimentar o planeta com um nível de poluição inferior ao atual, ou seja, de forma sustentável. No entanto, para conseguir isso, o compromisso e o trabalho de múltiplos setores da sociedade são necessários porque, do contrário, a deterioração ambiental do planeta seria séria demais. 

Segundo ele, o futuro da sustentabilidade da agricultura deve ser decidido. Nesse cenário, a necessidade de fertilizantes nitrogenados em 2050 e seus efeitos no meio ambiente movem-se em uma bifurcação que varia de sustentabilidade a deterioração ambiental inacessível. O nitrogênio é um dos nutrientes básicos dos organismos vivos e seu uso na agricultura como adubo adicionado à terra tem crescido progressivamente ao longo do século XX. 

No entanto, seu uso ineficiente significa que o nitrogênio que não é coletado na cultura, principalmente na forma de proteína, pode ser emitido de várias maneiras, elevando à poluição do ar na forma de amônia, aumentando as mudanças climáticas devido à ferrugem, ou poluindo a água por nitratos. "Portanto, para um futuro sustentável, é necessário minimizar as emissões de nitrogênio da produção agrícola", conclui.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink