Setor agrícola da Bahia terá R$ 345 milhões este ano
CI
Agronegócio

Setor agrícola da Bahia terá R$ 345 milhões este ano

Bahia mira ampliação da produção de abacaxi este ano
Por:
Bahia mira ampliação da produção de abacaxi este ano

A Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri) terá, este ano, um orçamento de R$ 345 milhões para os quatro órgãos ligados a ela – Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Bahia Pesca e Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), além das superintendências de Agricultura Familiar (Suaf), de Irrigação (SRI), de Desenvolvimento Agrário (SDA) e de Política do Agronegócio (SPA). O valor corresponde a quase 12% do orçamento do Estado do ano, de R$ 2,94 bilhões.


Cada um das autarquias estabeleceu metas a serem cumpridas durante este ano. O fortalecimento da fruticultura está entre as prioridades da Seagri para este ano, segundo o secretário Eduardo Salles. Para isso, dentro da defesa sanitária vegetal, a Adab prevê que o Estado se consolide como o terceiro maior produtor de abacaxi do País, realizando 500 inspeções fitossanitárias com o intuito de reduzir a Fusariose. Em 2010, segundo dados do IBGE, a Bahia posicionava-se em quarto lugar no ranking nacional, com quase 140 milhões de abacaxis colhidos.

A doença, segundo o pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Aristóteles Pires, ataca as mudas, afetando diretamente a produção. “Na proposta desse ano, está prevista a avaliação de 35 milhões de mudas. Quando se reduz a quantidade de mudas doentes, reduz consequentemente a perda na produção”, explica.


Bananas - Outra meta é garantir o primeiro lugar nacional da Bahia na produção de bananas, que hoje está em segundo, ampliando as exportações da fruta para o Mercosul. Embora a Bahia seja considerada área livre de Sigatoka Negra, o pesquisador da Embrapa, Zilton Cordeiro, explica que o Estado ainda tem a Sigatoka amarela, praga semelhante, que provoca perdas em torno de 50% da produção.

A região conhecida como Formoso, no município de Bom Jesus da Lapa, onde há cerca de seis mil hectares plantados, produz bananas com níveis para exportação. “Mas boa parte da produção fica no mercado doméstico. Somente 2% da produção brasileira, que é de aproximadamente 7 milhões de toneladas de banana, é exportada”, destaca o pesquisador.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.