Setor agro brasileiro se destaca em exportações para o Canadá em 2020
CI
Imagem: Divulgação
AGRONEGÓCIO

Setor agro brasileiro se destaca em exportações para o Canadá em 2020

Segundo levantamento da CCBC, amendoim, açúcar e cacau foram alguns dos produtos mais vendidos ao mercado canadense
Por:

Apesar da crise econômica ocasionada pela pandemia, as exportações brasileiras para o Canadá tiveram saldo positivo em 2020: um aumento de 25% no valor total em relação ao ano anterior, alcançando os US$4.2 bilhões. Os números são da análise Quick Trade Facts, realizada pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) com base no levantamento Comex Stat, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Entre os setores que mais venderam para o mercado canadense no ano passado está o agronegócio.

O item de maior destaque em porcentagem de crescimento foi o “amendoim descascado, mesmo triturado”, com faturamento de US$7,3 milhões, um aumento de 2174% em comparação a 2019. “De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (ABICAB), o Programa Pró-Amendoim, que celebrou 20 anos de existência, focou em mudanças na cadeia produtiva e desenvolveu frequente monitoramento para a garantia das certificações, fazendo com que o amendoim brasileiro passasse a ser um case de sucesso e referência mundial na qualidade. E não foi diferente em relação ao Canadá”, comenta Paulo de Castro Reis, diretor de relações institucionais da CCBC.

A categoria “outros açúcares de cana” também teve um ótimo desempenho: de US$ 143 milhões exportados em 2019, passou para US$ 264 milhões em 2020, um aumento de 84%. “Alguns fatores, como a desvalorização cambial, a queda dos preços de petróleo gerado pelo choque de demanda do Covid-19 e a consequente desvalorização do etanol que fez com que muitas usinas priorizem o açúcar em detrimento do combustível, contribuíram para esse desempenho”, avalia Castro Reis.

 Também chama a atenção no levantamento da CCBC a categoria “Cacau e suas preparações”, que saiu de uma exportação praticamente nula em 2019 e atingiu cerca de US$ 8,2 milhões exportados ao país em 2020, crescendo 205%. O produto com maior representatividade foi “manteiga, gordura e óleo de cacau”, com crescimento de 403%, alcançando um total de R$7,4 milhões. “As categorias relacionadas ao agronegócio estão sempre entre as primeiras do ranking de exportações brasileiras ao Canadá e em 2020 não foi diferente. Apesar de alguns desafios em consequência da pandemia, o setor seguiu firme e esperamos que em 2021 esse cenário se repita ou atinja um patamar superior”, afirma o diretor da CCBC.

Uma das apostas da câmara em 2021 para estimular os negócios entre o setor agro brasileiro e compradores canadenses será a 2ª Rodada de Negócios Virtual – Alimentos e Bebidas, que proporciona o acesso de produtores brasileiros, via salas de reunião online, a distribuidores, importadores, importantes atacadistas, varejistas e fabricantes canadenses interessados em fazer negócios com o Brasil. O evento acontecerá nos dias 12 e 13 de abril e produtores brasileiros interessados em participar devem entrar em contato com a CCBC. www.ccbc.org.br


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.