Silos são interditados em São Paulo
CI
Fiscalização

Silos são interditados em São Paulo

Durante a ação, 156 autos de infração foram lavrados pelos Auditores-Fiscais do Trabalho
Por: -Aline Merladete

Uma fiscalização em 21 empresas que trabalham com silos foi realizada em setembro na região de entre Itapetininga e Avaré, no Estado de São Paulo -  dos 21 empreendimentos fiscalizados, 18 silos foram interditados, empresas apresentaram problemas no acesso aos espaços confinados e empregados não tinham treinamento para situações de emergência. As interdições ocorreram em cidades como Campina de Monte Alegre, Itaberá, Itapeva, Paranapanema e Taquarituba, entre outras.

Conforme o Auditor-Fiscal do Trabalho e coordenador do Grupo Móvel de Fiscalização da Seção de Segurança do Trabalho – Segur, da Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo – SRT/SP, Paulo Warlet, a operação teve como foco avaliar a situação do setor, além disso, o auditor ainda ressaltou os altos índices de irregularidades constatadas. . A maioria das interdições ocorreu devido ao acesso aos espaços confinados dos silos e a irregularidades no trabalho em altura. Também foi constatada a falta de treinamento para situações de emergência aos empregados. “O grau de não conformidade foi muito superior ao esperado. A nossa intenção é ampliar a fiscalização para outras regiões de São Paulo”, informou.

Novas operações deverão ser feitas a partir de março de 2019. Mas, antes, a fiscalização fará notificações coletivas via Correios, recomendando as medidas de segurança que devem ser adotadas pelas empresas que atuam neste setor para evitar acidentes.

Durante a ação, 156 autos de infração foram lavrados pelos Auditores-Fiscais do Trabalho.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink