Simpósio reúne grandes nomes para falar da fruticultura
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Pixabay

EVENTO

Simpósio reúne grandes nomes para falar da fruticultura

Brasil é um dos três maiores produtores de frutas do mundo, atrás apenas da Índia e da China
Por:
134 acessos

Com produção de 79,4 milhões toneladas em 2019, o Brasil é um dos três maiores produtores de frutas do mundo, atrás apenas da Índia e da China. Pela primeira vez, o país atingiu, naquele ano, US$ 1 bilhão em negócios, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. As exportações superaram um milhão de toneladas, volume 14,7% superior ao registrado em 2018, gerando divisas de US$ 24,4 milhões e um avanço de 19,1%. A maior parte da produção brasileira de frutas é consumida no mercado interno.

A importância na produção agrícola brasileira e a variedade de frutas existentes no nosso país, devido ao seu clima tropical, fazem com que o conhecimento seja um dos ingredientes muito importantes para o sucesso de empreendimentos que envolvem a produção e a comercialização de frutas. Para que as últimas tecnologias na área da fruticultura sejam repassadas ao setor produtivo é que será realizado, de 19 a 23 de outubro, o Simpósio on-line de Fruticultura (SOFruto).

Celso Luiz Moretti, presidente da Embrapa, será um dos conferencistas durante a sessão de abertura do Simpósio, no dia 19. O tema a ser tratado por Moretti em sua fala será “Ciência e fruticultura: a percepção da pesquisa”. Junto com Moretti estará apresentando, no mesmo evento de abertura, Guilherme Cruz de Souza Coelho, presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), que irá falar sobre “Ciência e Fruticultura: a percepção do setor produtivo”.

O evento é uma iniciativa conjunta da Sociedade Brasileira de Fruticultura (SBF) e da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos (SBCTA), com o apoio da Embrapa, em comemoração aos 50 anos da SBF.

Segundo Ricardo Elesbão Alves, presidente da SBF e pesquisador da Embrapa Alimentos e Territórios, a ideia desse simpósio foi chamar personalidades na área governamental, de ensino e pesquisa, e do setor produtivo para a realização de um evento mais técnico, acessível ao público alvo do evento, ou seja, produtores rurais, agentes de Ater e gestores públicos envolvidos na organização de cadeias de produção, principalmente aqueles que trabalham com a organização da produção para exportação. Ele dará palestra sobre “Frutas Nativas: valoração, uso e oportunidades de mercado”.

O evento contará, ainda, com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Anvisa, do Ministério do Desenvolvimento Regional, empresas do ramo, consultores, professores e pesquisadores.

Mesa Redonda

Segundo a pesquisadora da Embrapa Cerrados Ana Maria Costa, representante no evento da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos e presidente do Comitê organizador do Simpósio, haverá ainda, durante o evento, uma mesa redonda internacional onde os representantes do México, Colômbia e Peru irão apresentar as experiências de outros países na organização da cadeia de produção para que produtores rurais de pequeno porte tenham acesso a mercados externos. Inscreva-se! Divulgue! Participe! Acesse aqui a página do evento.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink