Sindicatos Rurais terão Manual de Excelência Sindical
CI
Agronegócio

Sindicatos Rurais terão Manual de Excelência Sindical

Criação do manual partiu da necessidade dos mais de dois mil sindicatos existentes no País de ter um documento para orientar as atividades
O Programa Sindicato Forte reuniu nessa quarta-feira (4), representantes de Federações de Agricultura e Pecuária, sindicatos rurais e assessores técnicos do Sistema CNA/SENAR para tratar da elaboração do Manual de Excelência Sindical. Uma coletânea com fascículos sobre gestão, atuação sindical, sindicalismo rural, registro sindical, entre outros assuntos e pretende ser uma referência para os sindicatos rurais de todo País.


De acordo com o coordenador do Programa Sindicato Forte, Celso Botelho, a criação do manual partiu da necessidade dos mais de dois mil sindicatos existentes no País de ter um documento para orientar as atividades sindicais. “É necessário estarmos sempre nos atualizando. Por isso, o Grupo de Trabalho considerou como base as experiências e os documentos já produzidos pelas federações para elaborarmos o manual nacional”, explicou.

Botelho destacou que um dos pontos importantes do Manual de Excelência Sindical será a questão da legalidade. “Os dirigentes sindicais precisam estar cientes que para estar sempre ativo e ter uma gestão atual e moderna o sindicato precisa estar devidamente registrado nas federações de seus Estados e no Ministério do Trabalho”, afirmou. O manual inicialmente será voltado apenas para os sindicatos, mas segundo o Coordenador do Sindicato Forte, o SENAR vai criar uma cartilha de orientação para os produtores rurais entenderem a atuação e importância dos sindicatos.


Presente na reunião, o superintendente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), Claudinei Rigonatto, afirmou que esse documento ajudará a melhorar a gestão sindical e a prestar um bom serviço aos produtores associados. “O manual será desenvolvido com base nos módulos do Índice de Desenvolvimento Sindical, o IDS, e será muito útil no dia a dia das lideranças, desde as obrigações legais até a prestação de serviços aos produtores rurais”, disse.

Rigonatto ressaltou que a expectativa sobre o manual é grande. “Ele unificará os documentos sindicais de forma que o sistema tenha uma postura única e estratégias semelhantes, levando em consideração, é claro, as diversidades regionais.”

Essa foi a 6ª oficina de discussão realizada pelo Programa Sindicato Forte. O Manual de Excelência Sindical deverá ser lançado nos próximos meses e será disponibilizado em formato impresso e digital, por meio do Canal do Produtor. (Fonte: Assessoria de Comunicação do Senar Central)

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink