Sisbi realiza oficinas em Sergipe e Goiás

Agronegócio

Sisbi realiza oficinas em Sergipe e Goiás

Palestras são voltadas para representantes dos Serviços de Inspeção estadual, municipal e consórcios
Por:
1114 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) promove nos meses de outubro e novembro oficinas do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-Poa) para fornecer orientações sobre a adesão ao Sistema e sobre a construção de programas de trabalho.
 
Dos dias 26 a 31 de outubro, a oficina será na Superintendência Federal de Agricultura de Sergipe, localizada na capital Aracaju. Na SFA de Goiás, a oficina ocorre entre os dias 16 e 22 de novembro, em Goiânia.

As oficinas têm carga horária de 32 horas e são voltadas para representantes dos Serviços de Inspeção estadual, municipal e consórcios. Entre os assuntos abordados estão as boas práticas regulatórias, os processos administrativos de apuração de infrações, a verificação oficial de programas de autocontrole, entre outros. No total, 30 vagas estão disponíveis para cada oficina e as inscrições podem ser feitas por meio do formulário disponibilizado no link (http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/Formul%C3%A1rio%20de%20inscri%C3%A7%C3%A3o%20para%20o%201%C2%AA%20Oficina%20de%20Orienta%C3%A7%C3%B5es%20para%20Ades%C3%A3o%20ao%20SISBI%20POA%20e%20Constru%C3%A7%C3%A3o%20de%20Programas%20de%20Trabalho.doc).

O Sisbi-Poa é uma ferramenta de inclusão que respeita as especificações regionais de produtos de origem animal em diferentes escalas de produção e permite a inserção no mercado formal (local, regional e nacional) de uma categoria de produtos que necessita ainda de regulamentação específica. O Sisbi-Poa faz parte do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa).

O ingresso no Sisbi-Poa é voluntário e pode ser solicitado junto às Superintendências Federais de Agricultura (SFAs). Com a adesão, os produtos podem ser comercializados em todo o território nacional. Estados e municípios incluídos nesse sistema têm os serviços de inspeção reconhecidos como equivalentes ao Serviço de Inspeção Federal (SIF).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink