Sistema Campo Limpo está em publicação bilíngue do Mapa
CI
Agronegócio

Sistema Campo Limpo está em publicação bilíngue do Mapa

“Gestão Sustentável na Agricultura” terá edição em inglês
Por:
Neste 12 de março, em Brasília (DF), foi lançada a publicação “Gestão Sustentável na Agricultura”. Organizado pela área de Sustentabilidade da Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o material é composto por oito exemplos de iniciativas sustentáveis no setor agro e tem um de seus capítulos dedicado ao Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas). Além do inpEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias,  fazem parte da publicação os casos da Associquim, BB Mapfre, Bayer, Cargill, Porto Seguro e Renuka.
 
O caso compartilhado pelo inpEV aborda o sucesso da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas do Sistema Campo Limpo. Nele, são tratados temas como legislação, responsabilidade compartilhada entre os elos da cadeia, aproveitamento do frete de retorno, gestão integrada de resíduos sólidos e ecoeficiência.
 
O material terá edição bilíngue (Português – Inglês) e tem a intenção de que estas referências na prática da sustentabilidade por organizações relacionadas com o agronegócio brasileiro possam ser também internacionalmente conhecidas. Cinco mil exemplares serão distribuídos às embaixadas, organismos internacionais, cooperativas, sindicatos, institutos de ensino e pesquisa, além das Superintendências Federais de Agricultura nos estados.
 
Segundo João Cesar. M. Rando, diretor-presidente do instituto, a publicação permitirá que diversos segmentos do setor agrícola se espelhem em experiências bem-sucedidas, representando uma importante contribuição diante dos inúmeros desafios existentes para conciliar o desenvolvimento da agricultura à conservação ambiental.    “Assim como outros setores, o agro também precisará adequar-se, até 2014, às medidas da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Nesse contexto, em que existe a obrigatoriedade das organizações de instituírem sistemas de logística reversa, a participação do instituto na publicação do Mapa é pertinente e poderá dar suporte ao desenvolvimento de outros segmentos por meio do compartilhamento de nossa experiência e conhecimento na gestão de resíduos pós-consumo”, ressalta.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.