Sistema CNA/Senar lança ações de apoio à rastreabilidade de frutas e hortaliças
CI
Imagem: Pixabay
AGRICULTURA

Sistema CNA/Senar lança ações de apoio à rastreabilidade de frutas e hortaliças

CNA/Senar lançou ações e conteúdos para auxiliar os produtores rurais a se adequarem à Instrução Normativa Conjunta 02/2018
Por:

O Sistema CNA/Senar lançou ações e conteúdos para auxiliar os produtores rurais a se adequarem à Instrução Normativa Conjunta (Mapa/Anvisa) 02/2018, que define os procedimentos para a aplicação da rastreabilidade na cadeia produtiva de vegetais.

Uma das iniciativas é a cartilha “Como implementar a rastreabilidade vegetal e ter segurança jurídica”, que além de explicar em linguagem simples as obrigações e meios de cumprimento da norma, fornece orientações para a garantia da segurança jurídica.

De acordo com o presidente da Comissão Nacional de Hortaliças e Flores da CNA, Manoel Oliveira, a cartilha surgiu de uma demanda do setor produtivo, que convive com constantes dúvidas em relação ao cumprimento da norma.

“Muitos produtores têm dúvidas quanto ao processo de amostragem e fiscalização, prazos para adequação e responsabilidades previstas na norma. Esse material foi construído para esclarecer os principais questionamentos que chegaram ao Sistema CNA/Senar”, afirmou Manoel.

A cartilha também cita a ferramenta Agritrace Rastreabilidade Vegetal, da CNA, que com baixo custo também auxilia os produtores no cumprimento da Instrução Normativa Conjunta.

Outra ação de apoio ao produtor é o curso sobre Boas Práticas na Produção Vegetal, lançado pelo Senar, em formato EAD. O treinamento fornece orientações de boas práticas em todas as etapas de produção e inclui, em todos os módulos, tópicos relacionados à adequação da normativa.

Segundo a diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Janete Lacerda de Almeida, o treinamento foi uma demanda do setor produtivo diante das dificuldades de acesso à informação por muitos agricultores.

“O curso na modalidade EAD foi pensando para o fornecimento de informações de qualidade, de forma objetiva e para o maior número de pessoas possível. O objetivo do Senar é popularizar essas informações entres os produtores de frutas e hortaliças do país”, afirmou Janete.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink