Sistema FAEAC/Senar–AC leva cestas básicas aos produtores rurais vitimados pela alagação
CI
Imagem: Pixabay
DOAÇÃO

Sistema FAEAC/Senar–AC leva cestas básicas aos produtores rurais vitimados pela alagação

CNA) destinou para doação 1.100 cestas básicas, montadas e repassadas para o Governo do Estado
Por:

Para dar apoio aos pequenos produtores rurais vitimados pela alagação no estado do Acre, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) destinou para doação 1.100 cestas básicas, montadas e repassadas para o Governo do Estado através da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (FAEAC) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar – AC).

Desde a última semana, as ações de entrega começaram a ser realizadas nos municípios de Feijó (100 cestas), Tarauacá (200), Sena Madureira (200) e Cruzeiro do Sul (200). Ao todo, incluindo os quatro já citados, serão nove municípios beneficiados com as doações da CNA, com cestas garantidas também para Jordão, Mâncio Lima (150), Porto Walter (50), Santa Rosa (50), e Rodrigues Alves (100).

Entre os beneficiados, estão os produtores da Comunidade São José, localizada próxima ao Rio Purus. Para o presidente da associação da comunidade, Valdir Martins da Silva, o sentimento é de gratidão: “Muito obrigado, agradecemos à CNA por essa ajuda. Chegou num momento certo para nós, que estamos passando por muita dificuldade. Muitos aqui perderam tudo que tinha, seja criação ou plantação. É uma situação muito difícil, estamos muito necessitados”.

Para auxiliar nas entregas, em cada uma das localidades participam, junto com a equipe do Sistema FAEAC/Senar – AC, parceiros das ações do Governo do Estado, incluindo representantes da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (SEPA), Corpo de Bombeiros, associações e sindicatos rurais.

“Nossa equipe sabe das dificuldades enfrentadas por centenas de produtores rurais do Acre. Dentro do possível, continuaremos com a nossa oferta para garantir que a renda desses trabalhadores não seja prejudicada, incluindo a oferta de Assistência Técnica e Gerencial e Formação Profissional Rural”, afirmou Mauro Marcello Gomes de Oliveira, superintendente do Senar – Acre.

Em meio à crise no estado do Acre, mais de 120 mil pessoas já foram afetadas de diversas maneiras, com famílias inteiras desabrigadas e pequenos produtores rurais com prejuízos incalculáveis às suas propriedades.

“A FAEAC agradece ao presidente da CNA, João Martins, que autorizou o envio dos recursos necessários para que nós pudéssemos colaborar com os pequenos produtores, vitimados não só pela alagação, mas também pela crise do coronavírus e da epidemia de dengue que assolou o Estado. Muitos dos produtores ribeirinhos ficaram em situação de extrema carência, faltando até mesmo comida na mesa”, destacou Assuero Doca Veronez, presidente da FAEAC.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink