Soja: bancada gaúcha tem consenso
CI
Agronegócio

Soja: bancada gaúcha tem consenso

Por:

Comissão de deputados defende a comercialização da safra junto a ministros da Agricultura e MDA.

A indefinição e a falta de uma legislação específica foi apontada pelos parlamentares da bancada gaúcha como a principal causa da produção de soja transgênica no Rio Grande do Sul. O consenso entre integrantes da bancada acerca do destino da safra de soja cultivada no RS será apresentado hoje pelo ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, em audiência, às 16h, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com o deputado federal Luís Carlos Heinze (PPB), que, com a bancada, reuniu-se com o Rodrigues e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, a unanimidade dos parlamentares busca uma solução urgente para a comercialização da oleaginosa gaúcha. 'O ministro solicitou que o conjunto dos deputados do Estado produzissem uma projeto que sirva de subsídio e enriqueça os trabalhos da comissão interministerial criada há alguns dias.' A definição, porém, deve sair somente na próxima semana, pois a portaria que criou o grupo interministerial só foi publicada na segunda-feira.

Na avaliação do deputado Darcísio Perondi, do PMDB, uma medida deverá ser anunciada pelo governo em 15 dias. 'A união da bancada gaúcha veio a fortalecer bastante a decisão do governo para que o produtor rural não saia prejudicado com uma eventual apreensão.' Conforme o parlamentar, uma nova etapa de debates é que vai direcionar o plantio da nova safra. O deputado Henrique Fontana (PT) acredita em solução negociada. 'Não devemos punir o produtor que foi levado ao plantio de transgênicos. Pedimos ao governo que intensifique as reflexões, estudos e análises sobre a transgenia no país.' Conforme o deputado Adão Pretto (PT), Rodrigues teria dito que, 'para efeito de descontaminação das lavouras transgênicas, o país tem semente convencional suficiente para garantir o plantio da próxima safra.'


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.