Soja: Estiagem preocupa produtores de MT
CI
Agronegócio

Soja: Estiagem preocupa produtores de MT

Em algumas regiões já começam a dessecar alguns pontos cuja produção da soja já não é viável para prosseguir
Por:
De acordo com levantamento feito pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o clima começa a dar sinais desfavoráveis à cultura da soja e a estiagem das últimas semanas começa a comprometer áreas das regiões sudeste, oeste e centro-sul. Desde o início do plantio os municípios de Diamantino e Campo Novo do Parecis e imediações têm problemas com a uniformidade das chuvas, que até o momento não ocorreu, e devido a isso, começa a concentrar o risco de perdas na produção.


A região sudeste, que iniciou o plantio com indícios de boa umidade no solo, neste momento, já sofre pela falta de precipitação que também não ocorreu uniformemente. Em alguns talhões em propriedades localizadas em Rondonópolis, Itiquira, Pedra Preta, e outros municípios seguindo a BR-364, já começam a dessecar alguns pontos cuja produção da soja já não é viável para prosseguir. Com isso os produtores, provavelmente, terão de replanejar a cultura subsequente à soja, milho ou algodão, que será disposta na área de acordo com a disponibilidade de chuva. Caso essa seca continue pelos próximos dias, algumas lavouras das regiões afetadas pela estiagem poderão começar a diminuir o potencial produtivo.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.