Soja: Oeste e noroeste derrubam relatório do USDA
CI
Agronegócio

Soja: Oeste e noroeste derrubam relatório do USDA

O índice, contudo, continua em nível bastante elevado (73%)
Por:

O relatório de acompanhamento de safra, divulgado no fim da tarde de da última segunda-feira (14) pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), mostrou um recuo de dois pontos porcentuais no somatório das lavouras de soja em condições boas ou excelentes. O índice, contudo, continua em nível bastante elevado (73%). O mesmo vale para os nove principais estados produtores da oleaginosa nos EUA, com exceção de Missouri, onde as melhores plantações da oleaginosa somam 53%.

Seja como for, vale destacar o fato de o somatório bom/excelente ter evoluído positivamente em apenas dois desses estados, Illinois e Indiana, ambos na porção leste do cinturão de produção norte-americano. Em outros seis estados, por outro lado, o índice das melhores lavouras recuou de um ponto (Dakota do Sul) a oito pontos (Nebraska).

A explicação está no excesso de umidade que atingiu as porções oeste e noroeste. Não surpreende, portanto, a preocupação do mercado com a previsão da meteorologia norte-americana, que fala em mais chuva para boa parte do cinturão de produção norte-americano nos próximos dias.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.