Soja: Reculperação em Chicago não traz agilidade ao mercado interno

Agronegócio

Soja: Reculperação em Chicago não traz agilidade ao mercado interno

A ponta vendedora tem buscado apenas honrar os contratos de vendas antecipadas, aguardando melhores preços para negociarem sua safra
Por:
1869 acessos
O mercado interno de soja iniciou esta semana com baixo volume de negociações. O recuo nos preços em Chicago da útima semana, aliada a valorização do real frente ao dólar tem refletido nos preços do mercado interno, fazendo com que os preços internos recuassem. Desta forma, a ponta vendedora tem buscado apenas honrar os contratos de vendas antecipadas, aguardando melhores preços para negociarem sua safra.

Em Goiás a colheita se aproxima dos 95%, apenas algumas regiões do entorno de Brasília ainda não finalizaram suas colheitas. Porém, apenas 70% da safra já foi comercializado, lembrando que grande parte deste já foi negociada antecipadamente. Os preços nesta segunda-feira (18) no estado permaneceram estáveis, encerrando um série de fortes quedas.

Na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT, sigla em inglês) a segunda-feira (18) fechou com valorização de 2 dígitos nos primeiros vencimentos no mercado da soja. Estes contratos inverteram a tendência do mercado noturno, o qual operava de forma negativa devido principalmente o recuo nas cotações do petróleo e a valorização do dólar frente o real.

No entanto, os contratos da soja pegaram carona nos vencimento dos contratos vizinhos do milho e do trigo, fechando o dia com forte valorização. O tempo frio tem impedido o plantio das lavoras de milho no meio oeste americano, da mesma forma, o clima impede a colheita do trigo no hemisfério norte, principalmente na China.

Outro fator fundamental que auxiliou a recuperação do mercado da soja nesta segunda-feira (18) foi a divulgação dos embarques americanos da soja por parte do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, sigla em inglês). De acordo com o USDA, os embarques na ultima semana totalizaram 386,7 mil toneladas, próximo ao valor esperado.

Mercado da Soja

Data: 18/04/2011

Dólar Comercial
Fechamento Anterior
R$ 1,591 1,578

 

Cotação Média em Goiás
Fechamento Anterior
R$/Sc 37,00
37,80

 

Cotação em Paranaguá
Fechamento Anterior
R$/Sc

 

Prêmio - Paranaguá
Fechamento Anterior
U$/Bs 0,05 0,05

BM&F
Fechamento Anterior Diferença %
Posição US$/Sc
Maio/11 29,55 29,55 0,05 0,17
Junho/11
29,35
29,25
0,10
0,34
- - - - -

 

Chicago Board of Trade
Fechamento Anterior Diferença %
Posição US$/Bs
Maio/11 13,44 13,32 0,12 0,90
Julho/11 13,55 13,43 0,12 0,89
Agosto/11 13,56 13,44 0,12 0,89

A análise de mercado de soja é produzida diariamente pela Gerência de Estudos Técnicos e Econômicos da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg).

Gerente de Estudos Técnicos e Econômicos: Edson Alves Novaes
Autor do artigo e responsável técnico: Leonardo Machado

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink