Soja brasileira segue no positivo

Imagem: Marcel Oliveira

MERCADO BRASIL

Soja brasileira segue no positivo

Com o feriado na China de hoje até a próxima segunda-feira, demanda deverá permanecer quieta
Por: -Leonardo Gottems
629 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (25.06) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 0,63% nos portos, para R$ 112,67/saca (contra R$ 111,97/saca do dia anterior). Com isto o ganho acumulado nos portos neste mês ficou em 4,80%.

A T&F Consultoria Agroeconômica aponta que no Rio Grande do Sul os preços subiram mais 2 reais/saca no porto nesta quinta-feira: “O preço da soja para exportação sobre rodas no porto gaúcho de Rio Grande subiu mais 2 reais/saca e fechou a R$ 115,00/saca ultrapassando até o maior preço da semana, que tinha sido de terça-feira. O mercado aproveitou bem as altas do câmbio durante o dia, antes de fechar quase inalterado. No interior, os preços subiram 1,50 reais/saca para R$ 110,50,00/saca em Cruz Alta e Ijuí e 2 reais/saca R$ 109,00 em Passo Fundo, com a disputa entre exportadores e indústrias”.

No Paraná preços inalterados nesta quinta-feira: “Houve alguns negócios no mercado de lotes de soja disponível a R$ 110,00 FOB para agosto, mas setembro a R$ 111,00 não emplacou. Para os agricultores, o mercado de balcão permaneceu inalterado em R$ 97,00/saca nesta quinta-feira na região dos Campos Gerais. Para exportação, em Paranaguá, os preços também permaneceram inalterados em R$ 114,00/saca para entrega e pagamento em agosto”.

CHINA

Ainda de acordo com a T&F, o mercado está se perguntando se as empresas privadas de esmagamento de soja da China conseguirão se abastecer diante da concorrência do setor público, com empresas semelhantes e dinheiro público, que não precisa olhar muito para o lucro.

“O frete está sendo a diferença entre ambas. As empresas públicas não se importam com frete mais alto e continuam comprando, com ordens do governo para honrar os acordos firmados com os EUA na Fase Um, mas as empresas privadas estão fazendo contas. Com o feriado na China de hoje até a próxima segunda-feira a demanda deverá permanecer quieta”, concluem os analistas da T&F.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink