ANÁLISE AGROLINK

Soja cai nos EUA em reversão de expectativa

Pressionou a oleaginosa a expectativa de chuvas na Argentina
Por: -Leonardo Gottems
591 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (14.03) baixa de 16,50 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,3225 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 12,25 e 16,50 pontos.

O mercado norte-americano da soja teve um dia de perdas nos principais contratos futuros, numa forte reversão de expectativas. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, pressionou a oleaginosa a expectativa de chuvas na Argentina e de aumento de área de soja nos Estados Unidos.

De acordo com a AgResource, os produtores Argentinos começam a acelerar o processo de colheita da soja no país: “Alguns resultados preliminares trazem produtividades um pouco acima do esperado, surpreendendo até os mais otimistas. No entanto, as máquinas colhedoras ainda estão com um tráfego agrícola mais acentuado para o norte argentino”. 

A AgResource (ARC) lembra que ainda não há dados o suficiente para desenhar uma tendência de produtividade baseado nos relatos do campo: “No Mercado, tais resultados colocam incertezas sobre possíveis novas reduções de produção, que já eram esperadas no relatório do USDA de abril, para a safra na Argentina. Muitos operadores relem­bram a intensa seca sobre o Cinturão Agrícola (EUA) de 2012 e quando as produtividades finais de soja não foram tão baixas quanto a maioria do Mercado esperava ser. A grande questão para a especulação agora é, se tal tendência de produtividades acima do esperado será um fator comum”. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink