Soja cai nos portos e sobe no interior do Brasil

MERCADO FÍSICO

Soja cai nos portos e sobe no interior do Brasil

Chuvas previstas para Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e todo o MATOPIBA nos próximos cinco dias
Por: -Leonardo Gottems
255 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea, os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (07.02) com preços médios da soja caindo 0,14% nos preços oferecidos sobre rodas nos portos, a R$ 77,09, reduzindo os ganhos de fevereiro para apenas 0,01%. Já no interior os preços do mercado interno subiram 0,17%, para R$ 72,41/saca, em dia de reposição de estoques das indústrias, elevando os ganhos para 0,22% no mês.

“Muito embora o dólar tenha subido levemente 0,12% e os prêmios no Brasil tenham aumentado razoavelmente, as cotações da soja em Chicago fecharam em queda de 8,5cents/bushel nesta quinta-feira. Houve decepção do mercado diante da falta de novas compras da China, da queda no volume semanal de vendas em geral e no anúncio de que Trump dificilmente irá se encontrar com o presidente chinês antes da data final para um acordo”, explica o analista da T&F Consultoria Agroeconômica Luiz Fernando Pacheco.

FUNDAMENTOS

De acordo com que as previsões vão sendo atualizadas diariamente, a volta das chuvas sobre o Sul do Brasil e Norte da Argentina é ressaltada, aponta a Consultoria AgResource: “O evento está programado para acontecer a partir do dia 11 de fevereiro, se intensificando apenas no dia 12. Os totais pluviométricos previstos ficam dentro de um raio de 20-40mm para todo o Rio Grande do Sul, sul de Santa Catarina, sudoeste do Paraná e todo o lado sul do Paraguai e lado norte da Argentina”.

“A rodada de chuvas é tida como altamente benéfica para a manutenção dos níveis de umidade nas regiões de início da safrinha e as demais regiões que ainda cultivam a primeira safra do ano. Em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e todo o MATOPIBA as precipitações também são mantidas para os próximos 5 dias. Apenas o Mato Grosso do Sul, São Paulo e norte do Paraná que segue com um cenário árido, nesta próxima semana”, conclui a ARC Mercosul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink