Agronegócio

Soja de MT no pódio pela 1ª vez

Produtividade média da última safra de soja, em Mato Grosso, foi de 49,79 sacas por hectare (sc/ha)
Por:
888 acessos

A produtividade média da última safra de soja, em Mato Grosso, foi de 49,79 sacas por hectare (sc/ha), segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Um produtor de Campos de Júlio (397 quilômetros ao noroeste de Cuiabá) alcançou 100,63 sacas/ha em um talhão de dois hectares e meio. Em outros 123 hectares, fazendo média chegou a 92 sc/ha. Com esse saldo, Elton Zanella, de um título inédito ao Estado que é o maior produtor nacional na produção de soja: campeão da região Centro-Oeste do Desafio Máxima Produtividade do Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb). A premiação está em sua oitava edição e é a primeira vez que Mato Grosso fica no pódio.

Entre as buscas por conhecimento e o resultado da premiação do Cesb, o produtor também pontua um dado fundamental: a rotação de culturas. “Me perguntam ao que se deve a produtividade que chegamos. E falo: solo. Invista no solo, não em adubação, mas na correção, no perfil de solo, na palhada, em rotacionar culturas. Sempre rotacionamos os talhões”.

Atualmente, a propriedade produz feijão, milho pipoca, milho branco, milho amarelo, soja e arroz. Além disso, há sistema integrado de braquiária com milho e de crotalária com milho. “Partimos da premissa de trabalhar com variedade e também conhecer o solo. Falo isso porque cada talhão tem suas especificidades, tipo de nematoides, graus diferentes de fertilidade e isso tudo precisa ser levado em conta. É possível pegar o solo que tiver e transformá-lo. Nosso solo é rico, basta acreditar”. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink