ANÁLISE AGROLINK

Soja despenca nos EUA

Afastadas maiores preocupações com a safra da América do Sul
Por: -Leonardo Gottems
354 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na segunda-feira (05.02) baixa de 9,00 centavos de Dólar no contrato de Março/18 (referência para o Brasil), fechando em US$ 9,6975 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 8,50 e 9,00 pontos.

O mercado norte-americano da soja abriu a semana intensificando as perdas nos principais contratos futuros, após serem afastadas maiores preocupações com a safra da América do Sul. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, pesam ainda reportes sobre negócios de soja brasileira para a China, deixando de lado a soja norte-americana: “Apesar da queda nos prêmios da soja americana no Golfo do México, os esmagadores chineses preferem a soja brasileira por sua melhor qualidade, como maior teor de óleo e de proteína”.

Segundo a Consultoria AgResource, a pressão aos preços continua em Chicago com a soja operando em queda, enquanto que aumenta a confiança nas chuvas chegando na Argentina no próximo fim desta semana: “No entanto, há operadores do Mercado discutindo se tais chuvas serão suficientes, uma vez que os mapas para meados de fevereiro voltam a oferecer um padrão climático mais seco”.

A ARC não acredita que o cenário meteorológico na Argentina deva mudar drasticamente, uma vez que o fenômeno La Niña ainda é presente com moderada intensidade de interferência. 

“O Mercado Financeiro mundial passa por uma temporada de baixa, com as grandes economias globais em dificuldades para reaquecer o crescimento. O Índice Dólar opera nos níveis mais fracos dos últimos anos, a presidência de Trump tem colocado dificuldades políticas no relacionamento com outros países. A recuperação do Mercado de commodities dependerá de uma nova história, no entanto o lado da oferta já perdeu muito do potencial especulativo no curto-prazo”, conclui a ARC. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink