Soja em queda no Brasil com Argentina competitiva

MERCADO FÍSICO

Soja em queda no Brasil com Argentina competitiva

Embora os prêmios no Brasil tenham permanecido inalterados, mas em níveis muito baixos
Por: -Leonardo Gottems
602 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quinta-feira (11.04) com preços médios da soja recuando 0,52% sobre rodas nos portos e 0,41% no interior. Com isto, os preços fecharam o dia na média de R$ 76,24 nos portos do Sul e R$ 71,55/saca no interior dos estados sulinos. As perdas mensais de abril atingiram 1,89% na exportação e 1,32% no interior do país.

“As quedas de 0,75% de Chicago e do prêmio na Argentina tornou o produto daquele país mais competitivo hoje, embora os prêmios no Brasil tenham permanecido inalterados, mas em níveis muito baixos, superaram a alta de 0,86% do dólar nesta quinta. De um modo geral o mercado esteve calmo, rodando apenas negócios por necessidade de vendedor”, explica o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica. 

Os preços estão caindo abaixo da linha de suporte que havia a R$ 72,10 no interior e R$ 77,00 nos portos. A Argentina finalmente vendeu um cargo de soja para a China, mas com prêmio negativo a 44 sobre maio, entrega maio (ontem estava negativo a 37).

FUNDAMENTOS

Os mapas climáticos atualizados para a América do Sul voltam a oferecer chuvas expressivas para o Centro da Argentina, norte do Mato Grosso do Sul e todo o estado de São Paulo, nos próximos 5 dias, segundo a Consultoria AgResource: “Anteriormente, tais regiões ainda sofriam forte influência de uma massa de ar quente de alta pressão, que impedia a chegada de precipitações. Este fenômeno climático tem perdido forças, porém continua atuando sobre o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, no mesmo período”. 

“Os índices pluviométricos previstos para o Centro-Norte do Brasil giram em torno dos 20-40mm acumulados até o dia 16 de abril. Na Argentina, os totais são semelhantes, porém os eventos serão focados sobre as províncias de Entre Rios, Santa Fé, Córdoba e Santiago del Estero. As temperaturas são mantidas dentro da normalidade para quase toda a região brasileira”, conclui a ARC Mercosul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink