Soja estanca perdas nos EUA

ANÁLISE AGROLINK

Soja estanca perdas nos EUA

Governo chinês anunciou que estava mantida a visita da delegação chinesa a Washington
Por: -Leonardo Gottems
291 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (07.05) alta de 0,50 ponto no contrato de Julho/19, fechando em US$ 8,3075 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 0,25 e 0,50 ponto.

Os principais contratos futuros abriram a semana estancando perdas no mercado norte-americano de soja, com tomada de lucros depois da forte queda do dia anterior, o que manteve os preços estáveis. “A principal notícia do dia veio da China, onde o governo anunciou que estava mantida a visita da delegação chinesa a Washington, da qual fará parte o Vice-Primeiro Ministro, para continuar as negociações”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com o analista Luiz Fernando Pacheco, nas próximas sessões o mercado deverá manter grande sensibilidade em torno deste tema, pelo que não se descarta maior volatilidade com o surgimento de novidades: “Em segundo plano foram destacados os atrasos nas etapas iniciais de plantio nos EUA. Segundo dados oficiais, até o último domingo o plantio estava em apenas 6%, contra 14% da média dos últimos 5 anos”.

O presidente da American Soybean Association, Davie Stephens, afirmou “entender que Trump e seu governo têm metas amplas que querem alcançar para o nosso país, mas os agricultores estão em uma situação desesperadora”. Segundo ele, seus pares produtores de soja esperam o fim da Guerra Comercial entre os Estados Unidos e a China para impulsionar as exportações e os preços da soja.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink