Soja impulsiona produção de leite na Argentina

Agronegócio

Soja impulsiona produção de leite na Argentina

Ultimamente tem se falado muito que a competência agrícola na Argentina, e em particular no caso da soja, está impulsionando a produção leiteira
Por: -Giuliano
73 acessos

Ultimamente tem se falado muito que a competência agrícola na Argentina, e em particular no caso da soja, está impulsionando a produção leiteira com a intensa liberação de terras para o cultivo de grãos. Esta é uma tendência em que o produtor não pensa em eliminar a produção de leite, mas redesenhar seu modelo de produção. Neste sentido, há dois grandes sistemas de intensificação, conhecidos como intensivo de confinamento e de estábulo livre, que concebem recomendações específicas, segundo os técnicos, apontando o manejo de alta produção.

Existem medidas que deve ser respeitada, considerando as distintas categorias. Para o caso do sistema de estábulos livre (um sistema mais avançado e também com maior complexidade), o calculo é de uma superfície total de galpão que varia entre 8 e 10 metros quadrados por animal. Nestes casos, segundo explicação dos técnicos, em determinadas condições ambientais é imprescindível a regulação da temperatura por uma ventilação forçada. As informações são do E-campo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink